Iggy Azalea exclui redes sociais após ter fotos íntimas vazadas na internet

Nesta segunda-feira (27), a rapper Iggy Azalea optou por excluir todos os seus perfis em redes sociais. A decisão veio após ela ter sido a mais nova vítima de criminosos virtuais: ela teve fotos íntimas divulgadas na internet.

As imagens teriam sido realizadas durante um ensaio que cantora fez para a revista GQ, em 2016. Antes de encerrar as contas, ela fez um longo desabafo sobre o assunto e alegou estar se sentindo “enganada, envergonhada, violada e furiosa, triste e um milhão de outras coisas”.

“Não somente porque não consenti isso, mas também pela forma que as pessoas estão reagindo. Muitos comentários que vejo, a maioria de homens compartilhando suas fantasias em relação ao meu corpo, realmente me perturbaram”, começou a cantora, lamentando o fato.

“Nunca consenti em tirar fotos de topless para lançamento em potencial. Foi de meu conhecimento antes de fotografar que a GQ não imprimisse as fotos de topless. Não havia razão para alguém manter as tomadas das filmagens. Estou surpresa e com raiva por eles não terem sido excluídos imediatamente após a seleção das imagens finais”, afirmou.

“Por favor, pense em como você se sentiria se estivesse em meu lugar”, pediu ela ao finalizar o desabafo.

Veja também:
Mãe de Sandy e Junior não concordava com carreira dos filhos no início

No Twitter, fãs iniciaram uma espécie de corrente que visa “desaparecer” com as imagens roubadas da rede social. A ideia é compartilhar diversas mensagens com o nome da atriz, além de suas fotos normais públicas, na tentativa de dificultar a vida de quem procurar pelas imagens íntimas.

Os usuários também pedem que, quem tiver acesso às fotografias, não publique nem compartilhe com ninguém, para que elas não se espalhem ainda mais.

 

Veja também:
'Nunca foi dos meus maiores amigos', diz Wesley Safadão sobre Gusttavo Lima
Compartilhar