Irmã de Beyoncé aponta racismo do Grammy nas redes, mas logo apaga post

Derrota de Beyoncé em'Álbum do ano' motivou post de Solange (Divulgação)

Derrota de Beyoncé em ‘Álbum do ano’ motivou post de Solange (Divulgação)

Em uma publicação na rede social Twitter, Solange Knowles, irmã de Beyoncé, apontou a existência de racismo na premiação do Grammy, cuja 59ª cerimônia aconteceu no último domingo (12). Entretanto, momentos depois, a postagem foi apagada.

Solange Knowles repercutia o fato de Beyoncé não ter conquistado os prêmios mais importantes da noite. Ela concorria aos prêmios de “Gravação do ano”, “Álbum do ano” e “Música do ano”, com o disco “Lemonade” e a música “Formation”, mas foi derrotada em todas as categorias em questão por Adele, com o álbum “25” e a canção “Hello”.

No seu tweet, Solange Knowles menciona, especificamente, o prêmio de “Álbum do ano”. “Houve apenas duas mulheres negras vencendo o Álbum do Ano nos últimos 20 anos. Houve 200 artistas negros que se apresentaram na cerimônia”, disse ela.

Não é a primeira vez que o Grammy é criticado por este motivo. Em uma recente carta aberta, Frank Ocean disse que não iria à premiação sob a alegação de “parcialidade cultural” praticada pela Recording Academy. Ele relembrou que, em 2016, o disco “1989”, de Taylor Swift, venceu “To Pimp A Butterfly”, do rapper Kendrick Lamar, na categoria “Álbum do ano”. “Um dos maiores momentos falhos da TV que já vi”, definiu, em seu texto.

Veja também:
Beyoncé e Metallica devem vir ao Brasil no começo de 2019, afirma colunista

A mensagem de Solange Knowles acabou apagada, mas um print mostra a publicação. Veja:

#SolangeKnowles has a few words she would like to get off of her chest! 👀 #PostAndDelete #Oop

Uma publicação compartilhada por The Shade Room (@theshaderoom) em

Por Igor Miranda

#comentários

Compartilhar