Foto: reprodução / Instagram

Jennifer Lopez é processada por divulgar foto dela própria no Instagram

Após ser processada por “ser sensual demais“, a cantora Jennifer Lopez está sofrendo outra ação judicial inusitada – desta vez, por publicar uma foto de si mesma utilizando a função Stories de sua conta do Instagram. A imagem foi clicada por um paparazzo da agência Splash News, que alega não ter dado permissão para que ela utilizasse o retrato.

Veja também:
Jennifer Lopez é processada no Egito por ser 'sensual demais' em show

A foto em questão foi publicada em novembro de 2017 pela conta oficial da cantora. Na ocasião, ela foi flagrada andando de mãos dadas com o namorado (hoje noivo), o ex-jogador de beisebol Alex Rodríguez, durante um passeio pela cidade de Nova York, nos Estados Unidos.

Apesar de aparecer na foto, J-Lo está sendo acusada de infringir as leis de diretos autorais do país, afinal, a fotografia não pertencia a ela. A Splash News, no processo, alega que é dona e única detentora de direitos da imagem.

“Os autores (da ação) nunca licenciaram a fotografia à ré. No entanto, Lopez utilizou-a sem autorização ou permissão dos autores para tal. Especificamente, Lopez ou alguém agindo sob seu nome copiou a foto e a distribuiu no Instagram, pela conta @jlo, em um story publicado em 7 de novembro de 2017”, especificam os autos da ação.

Veja também:
Jennifer Lopez e Shakira vão fazer o show do intervalo do Super Bowl 2020

Jennifer Lopez foi notificada pela infração em dezembro do mesmo ano e a agência exige uma verba indenizatória no valor de US$ 150 mil (cerca de R$ 615 mil). A Splash News também pede que J-Lo e o namorado sejam proibidos de publicar fotos de seus fotógrafos novamente.

“O uso desautorizado ameaça a existência e o futuro do mercado da fotografia”, argumentou a Splash News na queixa apresentada.

Compartilhar