Foto: divulgação

Juice Wrld morreu após engolir drogas para escondê-las de policiais, diz site

A morte do rapper Juice Wrld, no último domingo (8), na cidade americana de Chicago, pode ter relação com as drogas. O cantor de 21 anos sofreu uma convulsão em um aeroporto logo após ter aterrissado de um voo em um jato particular.

De acordo com apuração feita pelo site TMZ, Juice Wrld teria engolido uma série de medicamentos na tentativa de escondê-los das autoridades. A publicação afirma que os policiais já estavam esperando a aterrissagem do jato do rapper, pois haviam sido informados de que a comitiva dele estava portando armas.

Após a aeronave chegar, Juice Wrld teria engolido as pílulas, de um opioide, e, algum tempo depois, sofrido uma overdose. A causa da morte ainda não foi divulgada oficialmente, embora uma autópsia já tenha sido realizada.

Além disso, três armas foram apreendidas com a comitiva de Juice Wrld, bem como uma série de bagagens que carregavam, aproximadamente, de 31 quilos de maconha. Dois homens foram presos, mas já foram liberados e devem responder em liberdade.

Veja também:
Rapper que perdeu parte da cabeça em explosão aparece pela 1ª vez

Nascido na cidade de Chicago, Jarad Anthony Higgins (nome verdadeiro de Juice Wrld) havia completado seus 21 anos de idade na última segunda-feira (2). Ele era visto como um dos principais nomes da nova geração do hip hop e costumava abordar temas como abuso de drogas e depressão.

Em uma de suas músicas, ‘Legends’, lançada em 2018, Juice Wrld parece ter previsto a própria morte. “O que é o clube dos 27? Nós não estamos nem conseguindo passar dos 21. Todas as lendas estão despencando do topo. Triste realidade, jovens morrendo, juventude demoníaca”, diz a letra.

A música faz referência à morte de dois outros rappers, Lil Peep – que sofreu uma overdose em 2017, também aos 21 anos – e XXXTentacion, assassinado a tiros aos 20 anos no ano passado.

‘Legends’ é uma das duas faixas do EP ‘Too Soon…’, lançado em homenagem às mortes precoces dos colegas.

Veja também:
Rapper T.I. polemiza ao revelar que checa o hímen da filha anualmente

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar