Junior Lima revela que fez terapia para lidar com boatos sobre ser gay

'Eu sofria bullying de tudo', afirmou Junior (Reprodução/YouTube)

‘Eu sofria bullying de tudo’, afirmou Junior (Reprodução/YouTube)

A vida de Junior Lima pode parecer fácil. O músico, filho do sertanejo Xororó, é famoso desde seus primeiros anos de vida, devido ao projeto Sandy e Junior, que durou até o ano de 2007.

Todavia, a exposição causada pela fama desde a infância gerou uma série de situações incômodas para Junior. Em entrevista ao canal de Fernando Grostein no YouTube, o artista revelou alguns empecilhos que surgiram em sua vida.

Ao longo do bate-papo, Junior disse que sofreu bullying por diversos motivos. “Era pelo cabelo, era porque eu era famoso, era por ser filho de sertanejo”, disse ele. “Teve um período na minha vida que eu tive que aprender a fingir de surdo no colégio. […] Tive que superar esse tipo de coisa e entender que não tinha nada demais também, quando começou esse lance de gay”, completou.

Os rumores relacionados à sua orientação sexual foram os mais incômodos, segundo Junior. “Tenho um monte de amigo que é gay e nunca tive problema. Mas quando me chamavam de gay, no fundo eu me incomodava. Eu fingia que não, mas ficava, sim”, disse o cantor, que revelou ter feito terapia para lidar com essa situação.

“Chega uma hora que você se conhece melhor, vê que não precisa provar nada para ninguém. Vivemos numa sociedade machista onde o premiado é aquele que pega mulher. Entender que não tinha que provar nada me fortaleceu. Sou muito bem resolvido mas tudo tem seu preço. Foram longas horas de terapia e crises do pânico”, afirmou Junior.

Veja também:
Com 11 anos, Melody posta foto com visual adulto e gera polêmica na web

A entrevista, na íntegra, pode ser conferida no vídeo abaixo. Veja:

Por Igor Miranda (@silvercm)

#comentários