Katy Perry mudaria trechos de ‘I Kissed A Girl’: ‘bissexualidade não era falada’

Capa do single'I Kissed A Girl', lançado em 2008 (Divulgação)

Capa do single ‘I Kissed A Girl’, lançado em 2008 (Divulgação)

Conversando com a edição norte-americana da revista ‘Glamour’, a cantora Katy Perry comentou sobre o impacto da música I Kissed A Girl, que completa dez anos do seu lançamento em 2018. Ela também confessou que hoje mudaria algumas coisas na sua letra que ela considera como estereótipos.

“As coisas mudaram muito nos últimos dez anos em relação ao tipo de conversa que nós temos”, disse a cantora. “Bissexualidade não era muito comentada naquela época ou qualquer outro tipo de fluidez de gênero. Se eu tivesse que escrever a música novamente, provavelmente mudaria algumas coisas nela”, continuou.

“Existem alguns estereótipos na composição. A sua cabeça muda tanto em dez anos, você evolui muito. O que era verdade para você lá atrás pode já não ser hoje”, falou Katy.

Rotina pesada

A cantora também comentou que hoje sua preocupação com sua rotina de preparação para os shows é muito maior do que tinha há dez anos, quando sua carreira deslanchou.

“Tudo se resume a descansar, comer e se exercitar. Quando eu tinha uns 20 e poucos anos conseguia fazer shows de ressaca e após comer fast-food. Hoje isso já não é mais possível”, refletiu Katy Perry, que será uma das novas juradas do American Idol.

* Por Estadão Conteúdo

#comentários