(Foto: divulgação)

Katy Perry sofreu depressão e se internou após críticas a seu novo disco

Em entrevista para a revista Vogue Australia, a cantora norte-americana Katy Perry afirmou que sofreu episódios de depressão por conta da recepção ruim que seu álbum, ‘Witness’, lançado em junho de 2017, teve com a crítica especializada e parte do público. Segundo a cantora, ela esperou muito da opinião pública e acabou se decepcionando.

“Eu tive episódios depressivos e fiquei com o coração partido no ano passado porque, sem saber, acabei me apoiando demais na opinião pública e eles não reagiram da forma que eu esperava, o que acabou me decepcionando”, disse a cantora.

“Música é minha paixão e acho que foi uma forma do universo me dizer ‘ok, você fala tudo isso sobre amor próprio e autenticidade, mas nós vamos fazer outro teste com você e tirar seu chão. Então vamos ver o quanto você se ama mesmo’”, continuou Katy à revista.

A artista revelou, ainda, que deu entrada em uma clínica para recuperar sua saúde mental. “Por anos meus amigos iam para lá e voltavam completamente rejuvenescidos. Eu também queria ir. Senti que estava pronta para deixar qualquer coisa que estivesse me impedindo de ser eu mesma. Eu recomendo a todos, meus bons amigos e outros artistas que estão procurando crescer. Há muita gente que está se automedicando, usando substâncias para fugir de suas realidades. Eu fiz isso por muito, muito tempo também”, revelou.

Veja também:
A cantora de ópera que chocou um júri ao arrancar vestido e cantar AC/DC

Ela finalizou a entrevista ressaltando que hoje já está muito melhor e que todo o processo fez com que ela enxergasse a si mesma e a música que produz de uma maneira diferente.

Compartilhar