KISS é cortado de tributo a Michael Jackson

KISS é cortado de homenagem a Michael Jackson

KISS é cortado de homenagem a Michael Jackson

A banda KISS teve sua participação cortada do show-tributo a Michael Jackson. A produção reagiu a declarações polêmicas feitas por Gene Simmons no passado.

Um ano após a morte do Rei do Pop, o baixista do KISS declarou publicamente: “Não há nenhuma dúvida na minha mente de que ele molestou aqueles garotos. Nenhuma dúvida”. E foi mais adiante: “As únicas referências sexuais feitas a respeito de Michael Jackson, por qualquer um, em qualquer lugar, foram sempre a respeito de garotos, e especificamente meninos entre 10 e 14 anos de idade; nunca mulheres, meninas daquela idade ou mais velhas, e nunca sobre homens crescidos”.

Quando a produção do espetáculo anunciou ontem a convocação do grupo de hard rock, o protesto dos fãs tomou conta da internet. A indignação surtiu efeito, segundo um comunicado oficial: “Nós escutamos aos fãs de Michael e estamos gratos em ser alertados sobre estas declarações desafortunadas de Gene Simmons. Sob estas circunstâncias, nós concordamos que, ainda que o KISS seja uma banda que Michael admirava, nós não temos outra escolha a não ser rescindir nosso convite para que eles aparecessem no tributo”.