Leonardo se emociona ao lembrar do irmão e revela que não consegue cantar ‘Mano’

Vítima de câncer raro, morte de Leandro chocou o Brasil em 1998 (Divulgação)

Vítima de câncer raro, morte de Leandro chocou o Brasil em 1998 (Divulgação)

O sertanejo Leonardo participou, no último sábado (25), do programa ‘Altas Horas’ da Rede Globo. Ao lado do filho, o também sertanejo Zé Felipe, o cantor relembrou os 20 anos desde a morte do irmão, Leandro, e se emocionou na atração.

Ele contou ao apresentador Serginho Groisman que, na época, escreveu a canção ‘Mano’ para prestar uma homenagem ao irmão. Contudo, nos dias de hoje, ele revela que foi obrigado a remover a música do repertório dos shows.

“Toda vez que eu ia cantar o show, no meio da música começava a querer chorar e dava aquele embargo na voz. Quando a gente fica emocionado demais, a voz é a primeira que some. Já faz 20 anos e eu ainda continuo…”, afirmou Leonardo, para explicar os motivos de não cantar mais a canção nos shows.

Ele ainda contou no palco do programa que, com a perda do irmão, chegou a cogitar que jamais voltaria aos palcos. “Quando ele faleceu, fui para a fazenda, foi um refúgio para mim. Meus familiares foram comigo e a gente ficava lá meio que escondido. Passei uns oito meses sem pensar em cantar”.

A morte do sertanejo Leandro, vítima de um câncer raro, chocou todo o Brasil no ano de 1998.

Confira a participação de Leonardo no ‘Altas Horas’ e ouça a canção ‘Mano’, gravada em 2002:

Veja também:
Mesmo após ser amplamente criticado, Eminem lança clipe para música polêmica

*Por José Elias Mendes