Foto: Reprodução/TV Globo Lilia Cabral

Vixe! Lília Cabral se estressa e gravação da novela ‘Fuzuê’ acaba em briga

Os bastidores das gravações de Fuzuê, no “Projac” da TV Globo, se transformaram em palco para uma verdadeira novela da vida real.

  • Conheça e descubra tudo que você pode fazer com seu dispositivo Alexa! E o melhor: experimente por 30 dias e, se não gostar, receba seu dinheiro de volta. Clique aqui para conferir!

O incidente, ocorrido na última quarta-feira (7), trouxe à tona tensões e revelações, provando que, às vezes, a realidade supera a ficção.

Lília Cabral, consagrada atriz que está na trama, se viu no centro de um furacão de emoções. Durante as filmagens de uma cena crucial envolvendo um leilão de joias, ela perdeu a paciência com o incessante falatório nos bastidores.

Estou cansada de aturar os falatórios nos bastidores, há 9 meses, todas as vezes que eu estou gravando”, desabafou Cabral, em um momento de irritação.

Conforme ela gritava, os presentes chegaram a demorar para entender o que estava acontecendo: pensaram fazer parte da cena da novela.

A situação, segundo ela, era uma clara falta de respeito com os profissionais em frente às câmeras, algo inédito em seus quase 40 anos de carreira na emissora.

O diretor Adriano Melo tomou partido da veterana e concordou que há muitas conversas paralelas durante as gravações, pedindo silêncio e mais respeito. Ele sugeriu que a cena fosse regravada, o que ela fez de bom grado.

Veja também:
10 sucessos infantis do passado completamente inapropriados para crianças

O episódio não se limitou a um simples desabafo. Lília Cabral, visivelmente afetada, chegou a confrontar um membro da produção, acusando-o injustamente de desrespeito ao achar que ele havia virado as costas enquanto ela desabafava.

Mais tarde, esse mal-entendido foi esclarecido e as desculpas que ela pediu a ele foram prontamente aceitas, selando a paz nos estúdios.

Fuzuê nos bastidores de Fuzuê

A confusão nos bastidores de Fuzuê parece não ser um caso isolado e o título da novela parece mais apropriado do que nunca por trás das câmeras.

De acordo com informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal ‘Metrópoles’, outro episódio marcante envolveu Adriano Melo, o diretor da novela.

Em outubro passado, ele se viu em meio a uma polêmica por supostamente usar palavras ásperas e ordens contundentes para manter a ordem durante as gravações.

Supostamente, ele mandava o pessoal da figuração “calar a boca” e ir “tomar no c*” por tanto barulho.

Ele confirmou que realmente houve uma bronca, mas diz que não era para os figurantes – e sim para a produção. Ele também nega veementemente que tenha usado palavras de baixo calão: “De qualquer forma, manda tomar no c*, não. Nem hoje e nem nunca!”.

Pelo amor de Deus, eu fui figurante. Tenho o maior respeito por eles, esclareceu Melo, negando qualquer desrespeito e reforçando seu compromisso com a harmonia no set.

Veja também:
As teorias por trás da letra de Hotel California, dos Eagles

“A figuração hoje tá linda e educada, nunca seria para eles. Inclusive, fiz vários elogios para a figuração na caixa de som”.

Fuzuê - novela Globo

Foto: Divulgação

  • Conheça e descubra tudo que você pode fazer com seu dispositivo Alexa! E o melhor: experimente por 30 dias e, se não gostar, receba seu dinheiro de volta. Clique aqui para conferir!

Crime real e absurdo inspirou a história da novela ‘Travessia’; você lembra?