Madonna: “Sarah Palin não pode vir à minha festa”

Ela aparece poderosa em um enorme trono

Ela aparece poderosa em um enorme trono

Madonna proibiu recentemente a candidata à vice-presidência americana, Sarah Palin, de assistir aos seus concertos na corrente passagem da digressão Sticky&Sweet pelos Estados Unidos.

Apoiante do adversário político Barack Obama, a cantora anunciou a ordem de restrição num concerto em Meadowlands, em New Jersey, no passado fim-de-semana, com a jocosa tirada: “A Sarah Palin não pode vir à minha festa. Não é nada pessoal“.

Madonna gozou ainda com a família Palin, residente no frio Alaska, imitando o “som do limpa-neve do marido“.

Madonna faz campanha pelo candidato democrata Barack Obama e já provocou os republicanos ao exibir, durante os shows de sua nova turnê, imagens do candidato John McCain junto às de Adolf Hitler.

Na época da estréia da turnê “Sticky & Sweet”, republicanos classificaram a comparação feita por Madonna como “degradante, inaceitável e cruelmente divisória“.

A cantora se apresenta no Brasil com a turnê “Sticky & Sweet” entre os dias 14 e 21 de dezembro, em cinco shows em São Paulo e no Rio. Será a segunda vez em 15 anos que Madonna vem ao país.

Veja aqui o vídeo:

Também no Youtube há já quem tenha aproveitado a recente notícia para revelar um vídeo humorístico intitulado “Palin Don’t Preach”, uma adaptação do famoso single de Madonna.

Veja também:
Anitta faz ensaio sensual para revista colombiana: 'dizem que sou vulgar'

Fonte: Blitz e UOL