Mariah Carey revela que sofre de transtorno bipolar: ‘fardo muito pesado’

'Fui atrás e recebi tratamento', afirmou a cantora (Reprodução/Instagram)

‘Fui atrás e recebi tratamento’, afirmou a cantora (Reprodução/Instagram)

Mariah Carey revelou sofrer com um transtorno bipolar em entrevista à revista ‘People’.

A cantora teria sido diagnosticada pela primeira vez há 17 anos, em 2001, mas relutou em aceitar a princípio, procurando ajuda apenas posteriormente.

“Até recentemente, eu vivi em negação, isolamento e em constante medo de que alguém fosse me expor. Era um fardo muito pesado para carregar e eu simplesmente não podia mais fazer aquilo. Fui atrás e recebi tratamento, pus pessoas positivas ao meu redor e voltei a fazer o que amo – escrever canções e fazer música”, contou.

O transtorno faz com que Mariah sofra com outros problemas, como depressão e hipomania.

A doença

De acordo com a Wikipédia, o transtorno bipolar é uma perturbação mental caracterizada pela alternância entre períodos de depressão e períodos de ânimo intenso. Durante o período de mania a pessoa comporta-se ou sente-se anormalmente enérgica, contente ou irritável. Os doentes geralmente realizam decisões irrefletidas ou sem noção das consequências.

Durante as fases depressivas a pessoa pode chorar, encarar a vida de forma negativa e evitar o contacto ocular com outras pessoas. O risco de suicídio entre as pessoas com a doença é elevado, sendo superior a 6% no prazo de vinte anos. Entre 30 e 40% das pessoas com a condição praticam automutilação. As causas ainda não são totalmente compreendidas, mas tanto fatores ambientais como genéticos têm influência.

Veja também:
Cãozinho do Instagram faz sucesso copiando looks de Madonna

* Por Estadão Conteúdo

#comentários

Compartilhar