Menino de 8 anos é constrangido na escola por gostar de rock

Marcelo C. não quer mais saber de guitarra.

Marcelo C. não quer mais saber de guitarra.

Marcelo C., de 8 anos, foi duramente advertido pela diretora da escola Ponto Alfa, em São José do Rio Preto, por gostar de rock pesado. Segundo a mãe, o menino teria perdido a vontade de voltar ao colégio e de tocar guitarra e violão depois da conversa com a diretora.

Após provocar bagunça na sala de aula ao fingir tocar bateria nas carteiras, Marcelo foi encaminhado à diretoria. Lá, a diretora Ana Maria Fernandes teria tentado convencer o aluno a parar de gostar de rock. “Ela falou que a música que ouço, que é heavy metal, era coisa do capeta. Amo rock n’roll e fiquei assustado”, declarou Marcelo em entrevista a um jornal local. Entre os artistas favoritos de Marcelo estavam Ozzy Osbourne e Iron Maiden.

A diretora confirma a bronca: “Sou contra o efeito que esses tipos de música e mensagens das letras causam nas crianças. No caso desse aluno que tem apenas oito anos, ele é revoltado e agressivo. Não é à toa que foi expulso de várias escolas”.

A mãe afirma que o garoto ficou traumatizado com a advertência. “A diretora deveria ter me chamado para conversar e não ter tido uma conversa pesada com ele”.

“Pesado são as traduções das músicas que ele ouve diariamente”, rebateu a diretora. “Apenas fiz o Marcelo enxergar e entender o que ouvia. Algumas músicas do rock não têm harmonia e melodia”.

Veja também:
Justin Bieber fará pausa na carreira musical para se dedicar à esposa
Compartilhar