Miley Cyrus: “Elvis era um símbolo sexual e ninguém o chamava de m**** por isso”

Reprodução

Em recente entrevista a um programa de TV Australiano, Miley Cyrus criticou o modo que a mídia lida com a diferença de comportamento entre os gêneros masculino e feminino.

Para provar seu ponto de vista, a voz de “Wrecking Ball” se comparou a Elvis Presley, considerado o rei do rock, alegando que o músico desde os anos 50, já praticava o “twerk” (rebolado típico de Miley no palco) ao seu próprio jeito.

Miley afirma que seus movimentos não são diferentes dos de Elvis, a questão é que ninguém o criticava por isso. “Elvis não usava o tipo de roupa que eu uso, mas ele se destacava e ao seu modo já fazia o twerk…tipo, ninguém quer admitir isso mas ele estava dançando o twerk”, disse Miley.

Ela continuou: “Ele era como sexo. Ele era um símbolo sexual mas ninguém jamais chamaria Elvis de merda porque ele não era uma garota”, desabafou. “É sobre este tipo de diferenciação que eu penso em fazer algo a respeito”, concluiu.

Por Débora Blezer