Morre, aos 66 anos, o músico Tom Petty

Petty sofreu ataque cardíaco e foi encontrado inconsciente (Wikimedia)

Petty sofreu ataque cardíaco e foi encontrado inconsciente (Wikimedia)

Depois de certa confusão midiática em torno do caso, o músico Tom Petty morreu, na noite da última segunda-feira (2), em um hospital de Santa Monica, nos Estados Unidos. Petty havia sofrido um ataque cardíaco no domingo (1°) e foi encontrado inconsciente e sem respiração.

A informação da morte foi confirmada pelo empresário de Tom Petty, Tony Dimitriades, e divulgada no site TMZ, que foi o primeiro a reportar sobre o problema de saúde. Segundo a publicação, a família optou por desligar os aparelhos que mantinham Petty vivo depois do diagnóstico final apontar que ele não tinha mais atividade cerebral.

Anteriormente, na tarde de segunda (2), alguns veículos de comunicação haviam divulgado a morte de Tom Petty, creditando a informação ao Departamento de Polícia de Los Angeles. No entanto, o órgão se manifestou posteriormente negando que tenha repassado qualquer dado a respeito do músico.

Tom Petty se consagrou no fim da década de 1970, com sua banda, Tom Petty & The Heartbreakers. Ele emplacou uma série de hits, tanto com o grupo quanto em carreira solo, como “Don’t Do Me Like That” e “Free Fallin'”, entre outros.

Recentemente, Tom Petty estava em turnê para celebrar o seu 40° aniversário de carreira. A tour havia começado na última semana, com um show no Hollywood Bowl.

Veja também:
Jorge Aragão é internado no Rio e passa por cirurgia cardíaca

Por Igor Miranda (@silvercm)

Compartilhar