Muse agradece a “Saga Crepúsculo” pelo sucesso

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

O baixista do Muse, Chris Wolstenholme, revelou ao site Gigwise que a participação da banda britânica na trilha sonora da “Saga Crepúsculo” foi muito importante para a entrada do grupo no mercado americano.

O Muse contribuiu com músicas na trilha sonora de “Crepúsculo” e no segundo filme da saga, “Lua Nova”. O baixista confessou que não sabia do sucesso dos livros da “Saga Crepúsculo”. “Eu tinha vaga consciência dos livros antes de a autora Stephenie Meyer nos procurar, mas nós não pensávamos que fosse virar nada parecido ao que virou. Foi bom, porque fez uma diferença para nós entrarmos na América“, disse Chris Wolstenholme em entrevista ao site.

Stephenie Meyer, escritora da “Saga Crepúsculo”, disse várias vezes que já é fã do Muse e até agradeceu a banda por suas músicas em dos livros da saga. Segundo ela, as canções da banda serviram de inspiração para escrever a saga.

Ouça “Supermassive Black Hole” de Muse para o filme Crepúsculo:

Compartilhar