Foto: Reprodução/YouTube

Música de Naiara Azevedo faz parte de campanha sobre violência contra a mulher

A cantora Naiara Azevedo lançou, neste domingo (25), um novo videoclipe para a canção ‘Coração Pede Socorro’. Aos primeiros acordes e frases, tudo aparenta ser apenas mais uma música sertaneja de amor. No entanto, algo começa a soar estranho. A canção é, na verdade, parte de uma campanha sobre a violência contra a mulher.

A música foi composta exclusivamente para a ação, que foi criada pela agência Arplan Comunicação para o Ministério de Direitos Humanos e Secretaria das Mulheres.

Todas as frases da música, para ouvidos desatentos, parecem apenas situações românticas. Porém, todos os versos carregam um duplo sentido que remete à violência contra a mulher.

Convidada para estrelar a campanha, Naiara Azevedo comentou sobre a ideia: “Fiquei muito feliz com o convite para ser porta-voz dessa campanha. Acredito que nunca se falou tanto sobre o tema ‘violência contra a mulher’ nas redes sociais e jornais como estão falando nesses últimos meses”, iniciou.

“É triste ver os números crescentes de vítimas, mas, ao mesmo tempo, é bom saber que campanhas desse tipo estão encorajando as mulheres a não ficarem caladas diante de qualquer tipo de abuso, seja ele físico ou psicológico, ligando para os órgãos de ajuda, denunciando e ajudando outras mulheres. Essa campanha me confiou a missão de colocar a minha voz para dar voz à outras mulheres, e me senti muito honrada por isso”, completou a sertaneja.

Veja também:
Anitta diz que já fez sexo a três e deixa apresentador sem graça

A canção já havia sido disponibilizada nas rádios e nas plataformas de streaming desde o dia 9 de novembro. No entanto, a revelação de que a canção fazia parte da campanha foi mantida em segredo até o dia 25, quando se celebra o Dia Internacional de Combate à Violência Contra as Mulheres.

A revelação foi realizada no programa ‘Hora do Faro’, da Record TV. A atração contou com a presença da cantora, do ministro dos Direitos Humanos e da secretária de Política para as Mulheres.

O videoclipe foi lançado nesta data e é nele que as situações de duplo sentido são retratadas de forma mais direta. Todos os versos que pareciam de amor são, então, percebidos como situações de violência contra a mulher.

Confira:

Naiara Azevedo relembra época em que trazia mercadorias do Paraguai