Músico de David Bowie e Mick Jagger é acusado de vender droga para Philip Seymour Hoffman - Revista Cifras

Músico de David Bowie e Mick Jagger é acusado de vender droga para Philip Seymour Hoffman

Da esquerda para a direita: Robet Aaron e Philip Seymour Hoffman (Getty Images)

Da esquerda para a direita: Robet Aaron e Philip Seymour Hoffman (Getty Images)

A morte do ator Philip Seymour Hoffman, causada por uma overdose de heroína no último domingo (2), pode ter ares um pouco mais rock n roll.

Robert Vineberg saxofonista de estúdio que já tocou com David Bowie, Amy Winehouse e Mick Jagger, entre outros nomes de peso, foi preso sob a acusação de ter conexão com a morte de Hoffman. O músico é conhecido pelo nome Robert Aaron.

De acordo com o New York Post, Aaron foi encontrado em um ponto de tráfico em Manhattan com outros supostos traficantes. O ator comprou heroína de um dos suspeitos pouco tempo antes de sua morte. Aaron nega a acusação.

Veja também:  "Monte de lixo", diz Keith Richards sobre músicas de Justin Bieber

Cerca de 350 papelotes de heroína foram apreendidos com os criminosos. No entanto, até o momento, nenhum exame comprova que o tipo de droga encontrado nos 50 envelopes próximo a Hoffman é o mesmo que está com os traficantes.

Philip Seymour Hoffman faleceu aos 46 anos. O ator era considerado um dos melhores da atualidade. Ele foi encontrado na manhã do último domingo (2), com uma agulha em seu braço. Após vencer diversos vícios que tinha há 20 anos, ele teve recentes recaídas.

Por Igor Miranda

#comentários