Foto: Reprodução/Instagram

Nego do Borel recusa bafômetro, é multado em R$ 2,9 mil e perde CNH

Parado na blitz da Lei Seca, o cantor Nego do Borel se recusou a fazer o teste do bafômetro e acabou punido. O caso aconteceu na madrugada do último sábado (17), na Avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Conforme informações da assessoria da Operação Lei Seca, o cantor recebeu as orientações sobre a lei, mas não quis se submeter ao teste.

Por conta disso, Nego do Borel foi multado em R$ 2.934,70 e teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida e suspensa por um ano. O carro foi liberado para ser conduzido por outra pessoa. Como a carteira dele é provisória, o cantor tem direito a recorrer da decisão.

Ele não se pronunciou oficialmente sobre o caso, mas usou o Instagram Stories para postar um vídeo ao volante de um carro de luxo, da marca Mercedes-Benz, mas não deixou aparecer o rosto – o que impossibilita afirmar que era ele conduzindo o veículo.

Outra polêmica

Recentemente, o cantor se envolveu em uma confusão com o cantor Dienes durante sua passagem pela Itália, na turnê pela Europa.

Veja também:
Nego do Borel se envolve em confusão com cantor na Europa

A colunista Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’, conta que ele barrou Dienis na porta de um camarote em que ele estava. Ofendido, o músico usou a função Stories de sua conta do Instagram para desabafar sobre a situação e não poupou críticas a Nego do Borel.

“Nego do Borel foi um p*ta escroto. O cara veio no meu show e pagou de louco!”, começou Dienis. Em seguida, ele explicou que havia se apresentado na casa noturna na mesma noite.

Compartilhar