Nirvana: 'Kurt Cobain era feminista', diz Dave Grohl - Revista Cifras

Nirvana: ‘Kurt Cobain era feminista’, diz Dave Grohl

Show no Rock Hall só teve cantoras, como Lorde e Joan Jett (Reprodução/Facebook)

Show no Rock Hall só teve cantoras, como Lorde e Joan Jett (Reprodução/Facebook)

Os membros remanescentes do Nirvana reuniram-se na edição de 2014 do evento do Rock And Roll Hall Of Fame. Na ocasião, a banda foi induzida e homenageada, com espaço para uma performance especial.

O baterista Dave Grohl e o baixista Krist Novoselic convidaram diversas cantoras para assumir os vocais que seriam de Kurt Cobain, falecido em 1994. E a presença exclusiva de mulheres no posto chamou a atenção de parte do público.

Em entrevista ao site da Red Bull, Dave Grohl explicou o motivo pelo qual somente vocalistas mulheres participaram do show. “Kurt era feminista. E alguém sugeriu Joan Jett. Ela é a primeira-dama do rock and roll. Então, alguém disse: ‘e Kim Gordon?’. Kurt e ela eram grandes amigos, eles se adoravam e Sonic Youth foram nossos heróis. ‘Sim, vamos chamar Kim'”, contou Grohl.

Veja também:  Paul McCartney e ex-membros do Nirvana estará em documentário

Entre as cantoras convidadas, a participação de Lorde também chamou a atenção. E foi uma proposta do próprio Dave Grohl. “Ela foi uma ideia minha. A música ‘Royals’ é uma pequena revolução em um mar de m*rda”, afirmou.

Veja, a seguir, alguns vídeos do show realizado em 2014, na cerimônia de indução do Rock And Roll Hall Of Fame.

“Smells Like Teen Spirit” (com Joan Jett):

“Aneurysm” (com Kim Gordon):

“All Apologies” (com Lorde e Joan Jett):

“Lithium” (com St. Vincent):

https://www.youtube.com/watch?v=ukWZohHQnUY

Por Igor Miranda (@silvercm)

#comentários

Compartilhar