Novo site oficial da Legião Urbana pode ser impedido de entrar no ar por ex-integrantes

Problema envolve filho e ex-companheiros de banda de Renato Russo (Reprodução)

Problema envolve filho e ex-companheiros de banda de Renato Russo (Reprodução)

Em comunicado feito por Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá, ex-integrantes da Legião Urbana, os músicos lamentaram a decisão de Giuliano Manfredini, filho do falecido cantor Renato Russo, de lançar um site da banda sem a autorização ou a participação deles.

O site, que tem lançamento programado para 4 de junho, pode ter a sua publicação travada por Villa-Lobos e Bonfá. “Não será autorizado por nossa parte o lançamento de qualquer produto da banda Legião Urbana (seja esse site, CDs, DVDs, etc.) enquanto o processo que hoje está no âmbito da Justiça não seja resolvido e os nossos direitos sejam reconhecidos”, diz o comunicado.

Os músicos afirmam que ficaram sabendo da existência do site por meio da imprensa – ou seja, Manfredini sequer os avisou. Em resposta ao site do jornal O Globo, a Legião Urbana Produções Artísticas, coordenada por Manfredini, esclareceu que os direitos do nome da banda concedidos a Bonfá e Villa-Lobos foram vendidos a Renato Russo.

“A marca Legião Urbana foi e registrada por Renato Russo, que doou pequena participação aos dois músicos. Dado e Bonfá revenderam ao próprio Renato o que haviam recebido graciosamente dele, um homem sabidamente generoso”, respondeu a organização.

Por Igor Miranda

Compartilhar