O Rappa anuncia pausa na carreira “sem previsão de volta”

'Shows estão confirmados até fevereiro de 2018', garante a banda (Divulgação)

‘Shows estão confirmados até fevereiro de 2018’, garante a banda (Divulgação)

A banda O Rappa anunciou uma pausa na carreira que, segundo os músicos, não há previsão para ser encerrada. A informação foi divulgada por meio das redes sociais do grupo, na última quarta-feira (3).

“Desde que voltamos aos palcos, em outubro de 2011, vivemos experiências incríveis. Talvez as mais importantes desses mais de 20 anos de carreira […] Mas chegou a hora de dizer que vamos parar e, desta vez, sem previsão de volta”, afirma o grupo, em um trecho do breve comunicado divulgado.

No texto, O Rappa afirmou que a atual turnê será devidamente finalizada. As apresentações estão confirmadas até o mês de fevereiro de 2018. O site da banda apresenta datas agendadas para os meses de maio e junho.

Leia o comunicado na íntegra:

“Salve família!

Desde que voltamos aos palcos, em outubro de 2011, vivemos experiências incríveis. Talvez as mais importantes desses mais de 20 anos de carreira. Viajamos o Brasil de ponta a ponta, lançamos dois discos, emendamos quatro turnês internacionais que incluíram um Lollapalooza nos EUA, mais de dez datas na Europa, três na Austrália e uma na Nova Zelândia.

Vimos nossos fãs crescerem, construírem famílias e trazerem filhos e netos para os shows.

Além disso, nossas redes sociais nos aproximaram de vocês, os fãs mais “crazy” do planeta!

Veja também:
Paul McCartney admite que precisa 'reaprender' músicas dos Beatles antes de shows

Mas chegou a hora de dizer que vamos parar e, desta vez, sem previsão de volta.

A boa notícia é que vamos terminar esta turnê. Os shows estão confirmados até fevereiro de 2018.

Esperamos ver todos nossos fãs nestes shows. Fiquem ligados na nossa agenda.

O nosso muito obrigado a cada um de vocês pelo carinho e dedicação de sempre!

Marcelo Falcão, Marcelo Lobato, Lauro Farias e Xandão Meneses.”

Na ativa desde 1993, O Rappa alçou-se à fama com seu segundo disco de estúdio, “Rappa Mundi” (1996). Mesmo com a saída de seu baterista e letrista Marcelo Yuka – ele ficou paraplégio após ser baleado em um assalto -, o grupo deu sequência ao seu trabalho. O hiato mais extenso da história do grupo, desde então, ocorreu entre 2009 e 2011, para descanso dos integrantes.

Por Igor Miranda (@silvercm)

Compartilhar

Opiniões, curiosidades, resenhas, listas e sobre todos os tipos de música são o foco desta coluna, comandada por Igor Miranda, jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical. Contato: [email protected]