O tropicalismo de Nara

Capa do CD Nara Tropicália

Capa do CD Nara Tropicália

O recente sucesso do CD Onde Brilhem os Olhos Seus, onde Fernanda Takai presta homenagem a Nara Leão, só provou que a eterna musa da bossa nova continua muito querida.

Mas além de bossa nova, Nara flertou com outros estilos, como a tropicália. No célebre Tropicália ou Panis et Circenses, ela cantou a emblemática “Lindonéia” de Caetano Veloso.

Esta faceta de Nara é explorada no CD duplo Nara Tropicália, que sai pela Universal.

Além da já citada “Lindoneia’, o disco traz outras criações de Caetano Veloso como “Mamãe Coragem” (parceria dele com Torquato Neto) e “Atrás do Trio Elétrico”. “Vento de Maio” é de Gilberto Gil e Torquato Neto.

E como era do espírito do tropicalismo reciclar material de décadas passadas, aqui tem Nara interpretando clássicos da música brasileira como “Odeon”, “O Tic-Tac do meu Coração”, “Ta-Hi (Pra Você Gostar de Mim)”, “Camisa Amarela”, dentre outras.

Pesquisa e textos de Thiago Marques Luiz

Confira essa e outras notícias no blog Novas e Notas