Oscar 2016: Sam Smith desafina e erra ao afirmar ter sido 1° gay a receber prêmio

Oscar 2016: Sam Smith desafina e erra ao afirmar ter sido 1° gay a receber prêmio

Sam Smith disse que estava nervoso durante apresentação (Reprodução/Instagram)

Sam Smith disse que estava nervoso durante apresentação (Reprodução/Instagram)

A noite do Oscar 2016, no último domingo (28), não foi das melhores para Sam Smith. Apesar de ter sido premiado por conta de “Writing´s On The Wall”, música-tema de “007 Contra Spectre”, o cantor desafinou ao apresentar a música para o público e cometeu uma gafe em seu discurso de agradecimento após receber a estatueta.

Sam Smith saiu do tom ao fazer sua performance de “Writing´s On The Wall” para o público presente e para os telespectadores que acompanhavam a transmissão do Oscar pelo mundo. Em entrevista à rede BBC, o cantor afirmou que o momento em que desafinou foi o pior da vida dele. Ele assumiu a culpa pela apresentação ruim, disse que estava nervoso e sequer citou nenhum problema técnico.

Depois, ao ser premiado em uma categoria de trilha sonora, Sam Smith afirmou que era o primeiro homem homossexual assumido a conquistar o Oscar. No entanto, Elton John recebeu o prêmio de melhor música em 1995, graças a “Can You Feel The Love Tonight”, faixa-tema do filme “Rei Leão”.

Houve ressalva no discurso de Sam Smith. Ele creditou a informaçmão ao ator Ian McKellenn. “Recebi uma carta de Ian McKellen, dizendo que nenhum homem gay assumido já ganhou um Oscar. Caso seja este o caso, mesmo que não seja, eu gostaria de dedicar este prêmio à comunidade LGBT”, afirmou.

Veja também:
Morte de Kurt Cobain é cercada de polêmicas e teorias da conspiração

Veja a apresentação de Sam Smith no Oscar 2016:


(Oscars 2016) Sam Smith – Writing’s On The Wall por besfordkastrati

Por Igor Miranda

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar