Ozzy Osbourne afirma que show de rock é melhor do que sexo e critica Bono, do U2

Com quase 66 anos, Ozzy também diz que não vai se aposentar (Getty Images)

Com quase 66 anos, Ozzy também diz que não vai se aposentar (Getty Images)

Durante entrevista concedida ao site Consequence Of Sound, o cantor Ozzy Osbourne falou sobre assuntos variados, além da própria carreira. Abaixo, as respostas de Osbourne, divididas em tópicos:

Sobre aposentadoria (Ozzy tem 65 anos, faz 66 em 3 de dezembro e está há quase 45 na indústria fonográfica):

Ozzy Osbourne: “Quando fiz minha última turnê, fiz um meet and greet, para dizer olá às pessoas. Você ficaria surpreso com o número de pessoas que perguntaram se eu faria algum disco solo novamente! Nunca disse que não iria. Black Sabbath é diferente, não é minha banda, sou integrante dela”.

Sobre o U2 e seu novo disco, “Songs Of Innocence”:

Ozzy Osbourne: “Gostava de algumas coisas antigas deles, mas para ser honesto, aquele Bono (vocalista) me irrita. Ele fez o nome dele falando sobre as pessoas famintas da África. Não gosto do que ele faz. Penso que recebemos notícias ruins o tempo todo. Quando as pessoas querem ouvir música, querem se afastar dessas más notícias”.

Sobre o trabalho:

Ozzy Osbourne: “Não há nada como um bom e velho show de rock and roll. É a melhor coisa quando tudo está em seu lugar certo e o clima colabora. Um bom show de rock and roll para mim é melhor do que sexo”.

Veja também:
Os 100 melhores clipes do século 21, segundo a Billboard

Sobre o que Sharon Osbourne, esposa e empresária de Ozzy, acha de Bruno Mars:

Ozzy Osbourne: “Minha esposa acha que ele é a melhor coisa desde o pão, e que ele é fora de série. Fico feliz de ver isso”.

Por Igor Miranda

#comentários

Compartilhar