Pabllo Vittar nega que tenha destratado garçons em restaurante

Artista diz que estava em alto-mar e não em SP (Rep./Instagram/Fernanda Tiné)

Artista diz que estava em alto-mar e não em SP (Rep./Instagram/Fernanda Tiné)

Pabllo Vittar publicou vídeos em seu Instagram se defendendo das acusações de que teria destratado funcionários de um restaurante na cidade de São Paulo. Ela sequer estaria na cidade no momento em que foram criados os boatos.

“Minhas filhas, ontem eu estava em alto-mar, no navio da Chilli Beans, e eu li uma notícia que estava em um restaurante aqui em São Paulo dando piti. Que eu proibi os garçons de me olharem enquanto eu fazia o pedido. Bicha, a senhora tá sem pauta, né? Pelo amor de Jesus Cristo, vai lavar uma roupa, mulher, pelo amor de Deus. Ah, me poupe!”, desabafou Pabllo.

As críticas foram feitas a Fabíola Reipert, do ‘Balanço Geral’, da Record TV, que teria divulgado as informações.

Por fim, Pabllo desafia a jornalista: “Cadê os vídeos? Eu quero o vídeo! Quero o vídeo e testemunha! Vocês são podres, podres, vão lavar uma roupa, meu Deus do céu!”.

https://www.youtube.com/watch?v=o5PhDoB36aA

// sereiona 🧜🏼‍♀️✨🌊 styling: @victorfdmiranda photo: @fernandatine

Uma publicação compartilhada por Pabllo Vittar 🌈✨ (@pabllovittar) em

Em resposta, Fabíola Reipert afirmou ter provas de que Pabllo Vittar destratou garçons. “Esse é o vídeo de Pabllo Vittar no bar-karaokê-restaurante em SP que rolou o chilique dele com os garçons (que foram proibidos pelo próprio Pabllo de olhar na cara deles). Não é a primeira vez que saem notícias falando dos ataques de estrelismo dele… tenho áudios de um dos garçons contando coisas cabeludas que aconteceram lá. Se eu tiver autorização, vou publicar tudo”, disse a jornalista.

Por Igor Miranda (@silvercm) e Estadão Conteúdo

Compartilhar