Foto: reprodução / Facebook

Baterista do RPM, Paulo P.A. Pagni morre aos 61 anos

O baterista Paulo P.A. Pagni, do RPM, morreu neste sábado (22), aos 61 anos. A informação foi confirmada pela página oficial do RPM no Facebook.

Pagni estava internado há mais de um mês no Hospital São Camilo, em Salto (SP). Ele deu entrada com infecção pulmonar em 14 de maio e foi diagnosticado com fibrose pulmonar, seguindo em tratamento desde então, mas não resistindo.

“Nosso querido amigo P.A resolveu definitivamente descansar de sua brava luta pela vida. Partiu hoje em decorrência do agravamento das suas condições respiratórias devido a forte pneumonia que o atingiu. Ele estava internado no Hospital São Camilo, da cidade de Salto/SP, há mais de um mês. Fomos pegos de surpresa e tomados pela tristeza quando soubemos de sua partida à pouco”, diz a banda, em nota divulgada nas redes sociais.

Apesar do falecimento de P.A., o grupo confirmou que fará um show que estava marcado, também para este sábado (22), na cidade de Garopaba (SC). “Temos o compromisso doloroso, porém imprescindível, de fazer o show dessa noite. Por vários motivos e pela honra de nosso irmão, sempre apaixonado pelo seu trabalho e extremamente profissional. Estamos em Garopaba/SC, temos a responsabilidade de tocarmos e darmos nosso melhor perante uma plateia estimada em 20.000 pessoas, em respeito à eles, à Prefeitura local que nos contratou e em coerência ao nosso profissionalismo, onde poderemos prestar uma homenagem ao nosso companheiro eterno de estrada que estará com certeza sempre ao nosso lado. Conseguimos antecipar nosso retorno para SP, e isso nos deixará em condições de estarmos presentes à ele pela última vez neste domingo pela manhã”, diz o texto.

Veja também:
'Ninguém comentaria minha idade se eu fosse homem', diz Madonna

Paulo P.A. Pagni completou 61 anos de idade no último dia 1° de junho. Ele integra o RPM desde 1985 e só ficou ficou fora da banda entre os anos de 1993 e 1994, quando foi lançado o disco “Paulo Ricardo & RPM” (1993).

Em 2018, o RPM havia retomado suas atividades e estava a pleno vapor – só que sem o vocalista e baixista Paulo Ricardo, que foi substituído por Dioy Pallone.

Nosso querido amigo P.A resolveu definitivamente descansar de sua brava luta pela vida.Partiu hoje em decorrência do…

Posted by RPM on Saturday, June 22, 2019

Confusão anterior com Paulo P.A. Pagni

No último dia 2 de junho, o RPM havia divulgado, em suas redes sociais, que Paulo P.A. Pagni havia falecido. Porém, a informação foi desmentida horas depois pela assessoria da banda e pelo hospital em que o músico estava internado.

#COMENTE

Opiniões, curiosidades, resenhas, listas e sobre todos os tipos de música são o foco desta coluna, comandada por Igor Miranda, jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical. Contato: [email protected]

Compartilhar