Foto: Reprodução/Instagram

Cantor Paulynho Paixão é preso após esposa denunciá-lo por agressão

O cantor piauiense Francisco de Paula Moura, conhecido como Paulynho Paixão, foi preso na madrugada de domingo (11), em um hotel de Bacabal, no Maranhão, após a esposa denunciá-lo por agressão.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a mulher declarou que teve uma cadeira arremessada na altura da cabeça, além de ter sido agredida com chutes e socos. Ainda segundo as autoridades, ela sangrava bastante e precisou ser encaminhada a um hospital.

“Uma senhora adentrou na delegacia pedindo socorro. Ela estava lesionada na cabeça e se queixou que foi muito agredida pelo marido. Fomos até o hotel e encontramos o apartamento todo revirado. Encontramos o Paulo, foi dado a voz de prisão, e ele foi levado para a delegacia”, disse o tenente Marcone Matos, do 15º Batalhão de PM, ao site G1.

Foto: Divulgação/Polícia Militar

De acordo com Matos, o hotel fica perto da delegacia e, logo após ser espancada, a mulher saiu do quarto para denunciar o marido. “Ela narrou que há dias vinha sofrendo essas agressões. Hoje, por causa de uma discussão banal, após um show, ele teria agredido ela. Ela estava com tanto sangramento na cabeça que tivemos que mandá-la para o hospital e fazer um curativo”, disse.

A assessoria de imprensa de Paulynho Paixão informou que ele foi liberado após pagar fiança. Enquadrado na Lei Maria da Penha, ele irá responder em liberdade. O canotr não quis comentar as acusações.

Conhecido na região norte-nordeste do País, Paulynho Paixão canta músicas românticas ligadas ao ritmo brega. Ele tem mais de 60 mil seguidores no Instagram e se autointitula o “Rei do Coladinho”.

Veja também:
Mulher pede desculpas a Thullio Milionário e nega que irá processá-lo
Compartilhar