(Foto: divulgação)

Prince estava com Aids e se preparando para morrer, afirma jornal

Fonte diz que cantor estava fraco e raramente se alimentava (Divulgação)

Fonte diz que cantor estava fraco e raramente se alimentava (Divulgação)

Falecido no último dia 21, o cantor Prince teria sido diagnosticado com Aids na década de 1990. A informação, do jornal The National Enquirer, foi divulgada nesta quinta-feira (28).

De acordo com o tabloide, a imunidade de Prince estaria muito baixa e essa teria sido a causa de sua internação, no dia 15, uma semana antes de falecer. O problema em questão teria relação com o agravamento dos sintomas da doença. A assessoria afirmou, à época, que ele estava com uma gripe.

Apesar de ter a doença desde a década de 1990, os sintomas teriam se manifestado somente nos últimos meses, ainda segundo o jornal. O cantor estaria se recusando a tomar as medicações necessárias para diminuir o impacto da doença, que não tem cura, e se preparando para morrer.

Uma fonte revelou ao jornal que Prince estava cada vez mais fraco. “Por vezes, ficava desorientado. Raramente ele comia e, quando o fazia, acaba vomitando”, afirma.

Ainda segundo a fonte, Prince preferiu se manter em silêncio sobre a doença. “No entanto, ele fez várias doações a associações relacionadas à Aids mesmo depois que ele sabia que iria morrer”, revela.

Informações oficiais

Ainda se sabe pouco sobre a morte de Prince, pois o resultado da autópsia realizada dias após a morte do cantor ainda vai demorar para ser divulgado. No entanto, o médico responsável por tratar Prince afirma que ele morreu de “causas naturais, em função de uma parada cardíaca”.

Veja também:
Gilberto Gil reflete sobre a vida e o envelhecer em novo disco, 'Ok Ok Ok'

Por Igor Miranda

Compartilhar