Red Hot Chili Peppers pensa em se aposentar, diz baterista

Grupo ainda não sabe por quanto tempo fará turnês (Divulgação)

Grupo ainda não sabe por quanto tempo fará turnês (Divulgação)

O Red Hot Chili Peppers tem pensado em se aposentar. A informação foi revelada pelo baterista Chad Smith, em entrevista à rádio SiriusXM, dos Estados Unidos.

Questionado sobre quanto tempo o Red Hot Chili Peppers pretende seguir em turnês, Chad Smith disse que o assunto foi tema de recente debate entre os integrantes da banda. “Estávamos em uma van depois de um show e o Flea (baixista) perguntou: ‘em quanto tempo vocês acham que devemos parar?’. Eu disse: ‘não sei, quero gravar discos, adoro gravar, mas quanto a excursionar… não sei se conseguimos seguir'”, afirmou.

Smith citou a idade dos integrantes para reforçar seu ponto. “Três de nós temos 54 anos – Anthony (Kiedis, vocalista), eu e Flea. Josh (Klinghoffer, guitarrista) tem 38 ou 39, é um cara mais novo. Mas não sei se podemos continuar a fazer longas turnês, passar um ano, um ano e meio na estrada”, disse.

Veja também:  53 pessoas prestam queixa contra mamilos do Red Hot Chili Peppers nos Estados Unidos

O músico mencionou as famílias dos integrantes como um ponto determinante para pensar em aposentadoria. “Todos temos famílias e interesses diferentes, e suas prioridades são deixadas de lado. Então é preciso deixar claro, o que funciona pra gente de repente não funciona pra outras bandas”, pontuou.

Formado em 1983, o Red Hot Chili Peppers tem 11 discos de estúdio lançados. O trabalho mais recente, “The Getaway”, chegou a público em 2016 e sua turnê passará pelo Brasil, com apresentação única no Rock In Rio, em 24 de setembro.

Por Igor Miranda (@silvercm)

#comentários

Compartilhar