Review: Guitarra Dean Dime Razorback

O guitarrista Dimebag Darrell, ex guitarrista do Pantera, é uma lenda do thrash/heavy metal que foi assassinado em um de seus shows com a banda Damageplan por um fã. Anos depois, a fabricante de guitarras Dean criou, em sua homenagem, a linha de guitarras Dean Dime Razorback baseadas no modelo Dean ML, utilizado originalmente por Dimebag. Vamos conhecer um pouco mais sobre esses incríveis instrumentos.

De fabricação chinesa, coreana ou americana e 22 casas, as guitarras da linha unem a ponte Floyd Rose original com a captação Seymour Duncan em um design agressivo, para guitarristas de metal, heavy metal, thrash metal, etc.

Disponivel no modelo Flying V modificado ou no modelo ML (usado sempre por Dimebag) também com modificações, estão disponiveis em uma grande variedade de gráficos e também em uma grande variedade de preços (entre R$1600,00 e R$5000,00 aproximadamente), variando de acordo com a captação, ponte, acabamento, entre outros.

A guitarra que testei é uma modelo ML de fabricação chinesa.

Ao tocar, percebi que ela é bem pesada, mas gostei muito usá-la. Ela te da uma sensação de poder e confiança.

Um dos problemas que descobri logo de cara foi o fato de o encaixe entre o corpo e o braço ser um pouco espesso demais, o que dificulta o uso das ultimas casas no inicio, mas você se acostuma com o tempo. Pessoalmente, eu a usaria como guitarra secundaria, para abrir o show, por exemplo, e depois trocaria para uma guitarra mais leve e confortável. Recomendo para guitarristas que querem chamar a atenção do publico, já que ela atrai olhares instantaneamente.

Veja também:
No 'Domingão', Marília Mendonça provoca Faustão sobre perda de peso

Mais um problema é o fato de a guitarra ser muito grande, o que dificulta seu transporte.

Todas as Dean Razorback vem acompanhadas por uma case personalizada para a própria guitarra e tem, tambem, inlays personalizados.

Pedro Leite

#comentários