Rick Bonadio critica “farsas do YouTube”, que não lotam shows, mas bombam na web

'Artista de verdade faz show e tem público de verdade', diz Bonadio (Divulgação)

‘Artista de verdade faz show e tem público de verdade’, diz Bonadio (Divulgação)

Em uma recente publicação no seu perfil na rede social Facebook, o produtor e jurado do “X Factor Brasil”, Rick Bonadio, fez uma crítica direcionada às “farsas do YouTube”. Ele descreve desta forma os artistas que têm muitas visualizações na internet, mas não conseguem encher shows.

Segundo o produtor, há muitos artistas que se enquadram em tal categoria. “Na música muitas vezes temos ´artistas´ com milhões de views no YouTube, mas que não conseguiriam colocar 500 pessoas pagantes numa casa de shows se fizessem um show sozinho. A realidade é: artista de verdade faz shows e tem público de verdade em seus shows”, afirmou.

Bonadio afirma que os números de visualizações em clipes considerados “apelativos” e seguidores em redes sociais são “supervalorizados”. “Está na hora das pessoas da mídia em geral pararem de super valorizar as visualizações de YouTube e Instagram ou continuaremos tendo um monte de subcelebridades/artistas, enchendo nosso saco com músicas ruins”, disse.

Para Rick, tais artistas desaparecem de forma ágil graças a este tipo efêmero de sucesso. “O que tem acontecido é que 99% aparecem e somem rapidamente junto com seus clipes apelativos. O número de visualizações é apenas um entre muitos dos indicativos de sucesso”, afirmou.

Veja também:
Fã tenta vender suposto bem-casado do casamento de Sandy por R$ 3,5 mil

Em uma recente entrevista concedida à revista “Quem”, em janeiro deste ano, Rick Bonadio havia feito críticas ao sertanejo universitário e disparou, especificamente, contra Lucas Lucco. “(Ele) É muito ruim. Tem que fazer novela”, disse. Lucco, em resposta, afirmou se sentir lisonjeado por ter sido lembrado por Bonadio.

Por Igor Miranda

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical. Contato: [email protected]

Compartilhar