Rick Bonadio diz que Lucas Lucco é “muito ruim”: “tem que fazer novela”

'Duplas e cantores oportunistas já deram', disse Bonadio (Reprodução/Facebook)

‘Duplas e cantores oportunistas já deram’, disse Bonadio (Reprodução/Facebook)

O produtor Rick Bonadio deu, em entrevista à revista “Quem”, uma série de declarações sobre o cenário musical brasileiro. Ele falou sobre o domínio do sertanejo na preferência popular e na mídia e comentou sobre artistas específicos do estilo em questão.

A maior crítica feita por Rick Bonadio durante a entrevista foi direcionada a Lucas Lucco. Para Bonadio, Lucco precisa se dedicar ao universo da dramaturgia – como fez durante um tempo ao trabalhar em “Malhação” da TV Globo -, visto que a música não seria o seu caminho mais ideal.

“É muito ruim. Tem que fazer novela. Ele é bonito, faz outra coisa… Essas duplas e cantores muito oportunistas já deram. O consumo dessa fábrica já vem caindo. Os que têm qualidade musical ficarão. O vazio, fútil, vem e vai muito rápido”, afirmou.

Já artistas como Maiara e Maraísa e Marília Mendonça, para Rick Bonadio, são dignas de elogio. “O sertanejo bom tem letra e melodia. Existem muitos bons hoje. Elas têm conteúdo, cantam muito! Esses caras que falam de balada, carro, besteira e pegação vão sumir. Se você quer saber, já estão sumindo”, disse.

Sobre o cenário musical brasileiro em geral, Rick Bonadio disse: “Hoje, o sertanejo e o funk têm tampado os espaços de quem faz música boa. A MPB tá mais pra baixo, o rock, o pop de origem… essas coisas muito ruins estão pegando a função do pop. Mas isso é cíclico”.

Veja também:
Zé Neto & Cristiano ultrapassam Marília Mendonça e são os mais ouvidos no Brasil

Para Bonadio, isso tem a ver até mesmo com a economia brasileira, atualmente em recessão. “Quando a economia vai muito bem, a tendência é que o povo ouça mais coisas ruins. A gente esteve num período bom da economia, estavam consumindo qualquer coisa. Ninguém prestava atenção na música. Qualquer m*rda faz sucesso. Agora que está faltando dinheiro, as pessoas vão voltar pra música boa. E elas não vão consumir este monte de porcaria por muito tempo mais”, afirmou.

Por Igor Miranda