Foto: reprodução / Twitter

Roger Waters irritou torcedores do Palmeiras com a frase ‘f**k the pigs’

Era pouco mais de 23h quando as primeiras mensagens começaram a explodir nos meus grupos de WhatsApp e em redes sociais dos meus amigos palmeirenses. “E essa baixaria rolando agora no Allianz Parque? É uma vergonha. Fecha logo essa cantina, pô”.

Junto, uma imagem anexada do telão do show de Roger Waters com a frase ‘Fuck the Pigs’ – parte da torcida Alviverde se ofendeu com a mensagem do icônico vocalista, um combatente histórico do fascismo e de líderes fascistas.

Quem estava no show afirma que, após a faixa ser mostrada no telão, gritos de “Vai, Corinthians” foram ouvidos. Aí, a coisa ficou pior. Nem precisa gostar muito de futebol para saber que a torcida do Palmeiras abraçou o porco como mascote, ao lado do periquito, desde a década de 1980.

Mas, para o ex-Pink Floyd, os porcos não são os palmeirenses, e sim as pessoas que estão no topo da sociedade e concentram riqueza e poder. “Eu lá quero saber se o Roger Waters usa o porco para xingar quem quer que seja? Ele está em nossa casa e lá tem que nos respeitar”, foi a resposta que recebi após tentar explicar a confusão.

Veja também:
Nos anos 80, Michael Jackson pediu para interpretar James Bond no cinema

* Texto de Glauco De Pierri

Veja outras mensagens sobre o assunto:

Roger Waters faz ‘show político’ em SP e põe Bolsonaro entre neofascistas

Compartilhar