Saiba quais foram os vencedores e assista aos shows do Grammy 2015

Sam Smith foi o grande vencedor da noite; assista aos shows abaixo (Divulgação)

Sam Smith foi o grande vencedor da noite; assista aos shows abaixo (Divulgação)

Aconteceu ontem (8) a 57ª edição da cerimônia de premiação do Grammy Awards, no Staples Center de Los Angeles, Estados Unidos.

O principal vencedor foi Sam Smith, cantor britânico de apenas 22 anos. Ele levou quatro gramofones para casa: Canção do ano, Gravação do ano, Álbum pop vocal e Revelação. Os prêmios foram destinados ao material do disco “In The Lonely Hour”, que Smith, homossexual, revelou anteriormente ter sido feito inspirado em um rapaz que o decepcionou em um relacionamento. “Obrigado ao cara que partiu o meu coração, você me deu quatro Grammys”, disse, na cerimônia.

Outros grandes vencedores da premiação foram Beck, Beyoncé e Pharrell Williams, que conquistaram três estatuetas cada. A cerimônia deste ano chamou a atenção ao destinar grande parte de sua duração aos shows, o que representa o interesse baixo do público em relação à opinião da associação e a alta procura pelas performances. Entre os artistas que se apresentaram, estão AC/DC, Ariana Grande, Madonna, Ed Sheeran, Electric Light Orchestra, Pharrell Williams, Katy Perry, Rihanna ao lado de Kanye West e Paul McCartney, Lady Gaga e Tony Bennett, Beyoncé, Usher, entre outros.

Veja abaixo algumas apresentações que aconteceram no Grammy 2015 e todos os premiados:

AC/DC – “Rock Or Bust” + “Highway To Hell”

Veja também:
Simaria desabafa sobre saúde e carreira: 'foi preciso ficar doente pra entender'

Ariana Grande – “Just A Little Bit Of Your Heart”

Jessie J e Tom Jones – “You´ve Lost That Loving Feeling”

Miranda Lambert – “Little Red Wagon”

Kanye West – “Only One”

Ed Sheeran – “Thinking Out Loud”

Gwen Stefani e Maroon 5 – “My Heart Is Open”

Hozier e Annie Lennox – “Take Me To The Church” e “I Put A Speel On You”

Pharrell Williams – “Happy”

Katy Perry – “By The Grace Of God”

Lady Gaga e Tony Bennett – “Cheek To Cheek”

Usher – “If It´s Magic”

Rihanna, Kanye West e Paul McCartney – “FourFiveSeconds”

Sam Smith e Mary J. Blige – “Stay With Me”

Sia – “Chandelier”

https://www.youtube.com/watch?v=E5bnJRI7_N8

Beyoncé – “Take My Hand Precious Lord”

VENCEDORES DAS CATEGORIAS PRINCIPAIS, ANUNCIADOS DURANTE A CERIMÔNIA

Gravação do Ano:

“Stay With Me” (Darkchild Version) – Sam Smith

Álbum do Ano:

“Morning Phase” – Beck

Canção do ano:

“Stay With Me (Darkchild Version)” – Sam Smith

Artista revelação:

Sam Smith

Performance solo pop:

“Happy” – Pharrell Williams

Álbum vocal pop:

“In The Lonely Hour” – Sam Smith

Álbum de rock:

“Morning Phase” – Beck

Performance de R&B:

“Drunk In Love (Feat. Jay Z)” – Beyoncé

Álbum country:

“Platinum” – Miranda Lambert

VENCEDORES ANUNCIADOS ANTES DA CERIMÔNIA

Veja também:
Os 100 melhores clipes do século 21, segundo a Billboard

Categorias pop:

Álbum Pop Vocal Tradicional: “Cheek to cheek” – Lady Gaga e Tony Bennett

Permormance Pop em duo ou grupo: “Say something” – Christina Aguilera e A Great Big World

Categorias rock:

Performance rock: “Lazaretto” – Jack White

Música de rock: “Ain´t it fun” – Paramore

Performance Metal: “The last in line” – Tenacious D

Álbum alternativo: “St. Vincent” – St. Vincent

Categorias dance:

Álbum eletrônico: “Syro” – Aphex Twin

Gravação dance: “Rather Be”, Clean Bandit e Jess Glynne

Categorias R&B:

Canção R&B: “Drunk in love”, Beyoncé e Jay Z

Álbum urbano contemporâneo: “Girl”, Pharrell

Álbum R&B: “Love, Marriage & Divorce”, Tony Braxton e Kenny Edmonds

Categorias rap:

Disco de rap: “Marshall Matters LP2” – Eminem

Melhor colaboração de rap: “The monster” – Eminem e Rihanna

Melhor música de rap: “I”, Kendrick Lamar

Melhor performance de rap: “I”, Kendrick Lamar

Categorias country:

Performance country solo: “Something in the water”, Carrie Underwood

Performance country em duo ou grupo: “Gentle on my mind” – The Band Perry

Música country: “I’m not gonna miss you”

Categorias visuais:

Clipe – “Happy” – Pharrell Williams

Filme musical – “20 feet from stardom”

Música escrita para mídia visual – “Let it go”

Trilha sonora – “Frozen Original Soundtrack”

Outros:

Álbum surround sound: “Beyoncé”, Beyoncé

Veja também:
Madonna chega aos 60 anos sobrevivendo às polêmicas e novas modas

Remix não clássico: “All of me” (por Tiesto, de John Legend)

Encarte: “Lightning bolt”, Pearl Jam

Arranjo instrumental ou a capella: “Daft Punk”, Pentatonix

Box ou edição especial: “Rise & Fall Of Paramount”, Jack White e mais

Melhor engenharia de som de álbum: “Morning phase” – Beck

Álbum de reggae: “Fly rasta”, Ziggy Marley

Álbum de world music: “Eve” – Angelique Kidjo

Álbum infantil: “I am Malala”

Produtor do ano, não clássico: Max Martin

Álbum de texto falado: “Diary of a mad diva”, Joan Rivers

Por Igor Miranda

#comentários