Foto: reprodução / Instagram

Sandy e Junior cantam ‘Maria Chiquinha’, mas Junior critica letra ‘ultrapassada’

A turnê ‘Nossa História’, que comemora os 30 anos desde o início da carreira da dupla Sandy e Junior, segue emocionando e surpreendendo fãs pelo país. Na segunda semana de apresentações, os irmãos cantaram na cidade de Fortaleza na última sexta-feira (19) e de Brasília, no sábado (20). Apesar do repertório abrangente, a ausência da música ‘Maria Chiquinha’, primeiro hit deles, acabou chamando a atenção dos fãs.

Sandy chegou a explicar, anteriormente, que a escolha do repertório foi o detalhe “mais desafiador” da produção da turnê. Ela não toca no assunto diretamente, mas é fácil deduzir os motivos de ‘Maria Chiquinha’ não ter sido incluída. Lançada no longínquo ano de 1989, a letra da canção está fora de moda e, nos dias de hoje, é considerada machista.

Entretanto, no show da cidade de Fortaleza, capital do Ceará, a música acabou sendo tocada – só que de maneira inesperada. Ao enfrentarem um problema de som, os irmãos precisaram interromper o show por alguns minutos. No período de silêncio, foi a plateia quem puxou o coro e começou a cantar ‘Maria Chiquinha’.

Sandy e Junior acabaram surpreendendo o público ao engrossarem o coro, ajudando a cantar. Junior chegou a acompanhar com o violão e, ao final, pegou a plateia desprevenida ao explicar os motivos para que a música tivesse ficado de fora da turnê.

No lugar de “O resto? Pode deixar que eu aproveito”, na letra original da canção, Junior deu o seu recado. “Para com isso. Isso não é mais aceitável. Não são mais os anos 90. Não vou fazer nada com o resto. Deixa em paz a Maria Chiquinha. A Maria Chiquinha faz o que ela quiser no mato. Não é muito melhor?”, disse o cantor.

Veja também:
Guitarra para mulheres: você conhece o modelo especial com 'espaço para os seios'?

O público quase foi ao delírio e respondeu com gritos, risadas e muitos aplausos. Veja:

Sandy e Junior: como foi a estreia da turnê de reunião ‘Nossa História’

Compartilhar