Sandy reclama de assédio de fãs: ‘filmar sem autorização é crime’

Cantora se irritou após ser registrada dentro de camarim fechado (Reprodução)

Cantora se irritou após ser registrada dentro de camarim fechado (Reprodução)

Cada vez mais próxima do público, Sandy mandou um recado sincero para um grupo de fãs. O puxão de orelha foi destinado a pessoas que a filmavam sem sua autorização.

Por meio de seu perfil na rede social Twitter, Sandy fez um desabafo e pediu para que as pessoas respeitassem mais a sua privacidade. “Só um recado básico: filmar através do vitrô do camarim sem a autorização de quem está dentro dele é crime, tá? Fica a dica. E fotografar também. Mais noção, por favor”, disse.

A repercussão do “puxão de orelha” foi tamanha que Sandy se explicou, novamente, por meio do Instagram. Ela respondeu a um comentário de um fã que a criticou pela atitude. “Querido hater. Será que é complicado entender que eu estava dentro do meu camarim fechado, no meu momento de privacidade, a que todos têm direito, jantando? Eu poderia estar trocando de roupa”, disse a cantora.

A artista revelou como as pessoas agiram na ocasião. “As pessoas subiram numa carreta, esticaram as mãos com os celulares pra cima para alcançarem o vitrô, que era bem alto. Sério mesmo que isso é tolerável, só porque tenho uma profissão ‘pública’ (e não uma vida pública – e aí está a grande diferença que as pessoas parecem não entender)? Fala sério, minha gente”, afirmou.

Veja também:
Sertanejo Daniel está em busca de um novo parceiro para formar dupla; veja vídeo

Há poucos dias, Sandy já havia reclamado sobre um post de um fã que exibia fotos de seu filho, Theo, de 3 anos.

Por Igor Miranda (@silvercm) e Estadão Conteúdo

Compartilhar