Show de Naldo no réveillon do Rio é cancelado após denúncia de agressão

Naldo foi denunciado por agressão por sua esposa, Mulher Moranguinho (Instagram)

Naldo foi denunciado por agressão por sua esposa, Mulher Moranguinho (Instagram)

Na última quarta-feira (6), Naldo Benny foi preso por porte ilegal de arma após ser acusado de agressão pela mulher, Ellen Cardoso, mais conhecida como “Mulher Moranguinho”. Por causa disso, a prefeitura do Rio de Janeiro cancelou o show que o cantor faria no réveillon.

“Em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo o cantor Naldo Benny, a prefeitura do Rio e a Riotur decidiram cancelar sua apresentação no Réveillon Rio 2018 em Copacabana”, disse em nota a secretaria de turismo do Rio, a Riotur.

O show que o cantor faria no Réveillon Celebrare, que aconteceria em um clube do Rio de Janeiro, também foi cancelado. “Por se tratar de um ambiente voltado para a família em total clima de paz e confraternização, entendemos que devido ao acontecido com o artista não caberia sua participação no momento. Vale ressaltar que o cantor Netinho será pelo segundo ano o convidado especial da banda Celebrare e promete agitar a virada do ano com seus grandes sucessos”, diz a assessoria do evento.

As consequências não param por aí. Segundo o jornal ‘Agora S. Paulo’, a Record TV estaria avaliando a chance de tirar Naldo Benny do programa ‘Dancing Brasil’. Ele seria um dos escalados para o talent show. A informação ainda não foi confirmada pela emissora.

Entenda o caso

Veja também:
Lennon ou McCartney? Estatísticos descobrem quem compôs 'In My Life', dos Beatles

Ellen registrou um boletim de ocorrência contra Naldo no último sábado (2), alegando que ele a agride desde o início do relacionamento, há sete anos. A Polícia então emitiu um mandado de busca e apreensão na casa do artista e, lá, encontrou uma arma. O cantor foi preso, mas foi solto em seguida após pagar fiança de valor não informado.

Em vídeo, Naldo pediu desculpas a Mulher Moranguinho. “Quero pedir perdão à minha mulher. Vou lutar pela minha família. Estou extremamente destruído, arrependido, quebrado, completamente machucado. Quero pedir perdão aos meus fãs, uma saudade absurda da minha filha, uma saudade absurda da minha mulher. E vou lutar pela minha família. Não abro mão da minha família”, afirmou.

Ele também disse estar em busca de tratamento psicológico. “Já estou em busca de profissionais que possam me ajudar a ficar em condições de rever tudo que eu fiz, de ser um ser humano melhor, de me tornar um homem melhor, de ser uma pessoa que possa ajudar quem passar por esse tipo de problema. Tenho fé em Deus que vou conseguir isso. Peço orações das pessoas que me amam, que amam minha mulher, que amam minha família”, comentou.

Por Igor Miranda (@silvercm) e Estadão Conteúdo

Compartilhar