Foto: Reprodução / Instagram

Spice Girls estão modificando trechos considerados racistas em algumas músicas

Mesmo sem a participação de Victoria Beckham, as Spice Girls surpreenderam o mundo e deixaram muita gente ansiosa ao anunciar uma novíssima turnê que acontecerá em 2019. Durante os meses de maio e junho, as 4 garotas restantes se apresentarão no Reino Unido e na Irlanda.

Elas revelaram em uma entrevista recente que algumas preocupações da modernidade acabaram chegando até elas. Antes de sair em turnê, elas estão avaliando modificar pequenos trechos de algumas de suas canções mais clássicas.

O motivo seria que algumas letras podem ser interpretadas, nos dias de hoje, como manifestações racistas. Por exemplo, o verso “Yellow man in Timbuktu” [homem amarelo na cidade de Tombuctu, no Mali], que faz parte do hit ‘Spice Up Your Life’, de 1997.

“A letra original foi feita para ser um pouco divertida e nunca foi a intenção ser ofensiva”, disse uma fonte próxima ao grupo em entrevista ao jornal britânico The Sun.

“A realidade é que não é aceitável dizer isso agora. Algumas das garotas se sentem desconfortáveis em subir no palco e cantar essa letra, especialmente quando elas têm uma base de fãs tão diversa e multicultural”, concluiu.

Segundo o The Sun, as meninas teriam sugerido trocar a expressão por “Happy people in Timbuktu” [pessoas felizes na cidade de Tombuctu, no Mali].

Spice Girls cogitam nome de Katy Perry para ‘substituir’ Victoria Beckham

Compartilhar