“Vamos colocar um Rickroll no traseiro deles”, diz Dave Grohl sobre homofóbicos

Foo Fighters, durante o protesto na semana passada (Reprodução)

Foo Fighters, durante o protesto na semana passada (Reprodução)

Após ter atrapalhado um protesto homofóbico grupo de radicais da Igreja Batista Westboro, no Kansas, Estados Unidos, na última semana, o Foo Fighters se manifestou sobre o assunto.

Durante o show que a banda realizou no local em questão, já à noite, o vocalista e guitarrista Dave Grohl disse que os integrantes do Foo Fighters não poderiam ficar de braços cruzados diante da situação. “Estávamos nos preparando para o show quando ficamos sabendo quem estaria por aqui hoje. […]Eu disse, vamos lá curtir um pouco com eles. Não tivemos tempo para armar o show que fizemos da outra vez, então pensamos… vamos colocar um Rickroll no traseiro deles? Nada fala de amor como Rick Astley, afirmou Grohl, que, depois, dedicou a música “My Hero” às pessoas que “defendem o que pensam estar correto”.

Veja também:  Marília Mendonça escolhe suas músicas favoritas para diversas ocasiões

Veja o vídeo com o discurso de Dave Grohl:

Na ocasião do protesto, o grupo apareceu de surpresa no local, em uma caminhonete, e interromperam a manifestação ao som de “Never Gonna Give You Up”, de Rick Astley, em alusão à pegadinha Rickroll (quando alguém envia um link que ela diz ser relevante quanto ao assunto em questão, mas o endereço leva o usuário para o vídeo dessa música).

Enquanto os manifestantes seguravam placas com discursos de ódio, como “Deus odeia pecadores orgulhosos”, os integrantes da banda apareceram com os dizeres “Vocês foram rickrolleados” e “Mantenha isso limpo”. Não foi a primeira vez que o Foo Fighters atrapalhou um evento do tipo promovido pela Igreja Batista Westboro. Em 2011, os integrantes do quinteto se vestiram de caipiras e, em tom irônico, se apresentaram em cima de um caminhão próximo ao local de outro protesto, que tinha o mesmo teor.

Veja também:  Foo Fighters faz show surpresa em pizzaria

Por Igor Miranda

#comentários