Foto: reprodução / Instagram

Volta do Charlie Brown Jr é anunciada e ex-guitarrista critica ‘sem Chorão, não existe’

O retorno do Charlie Brown Jr foi anunciado por meio das redes sociais da banda no último sábado (19). O grupo será formado pelo guitarrista Marcão, o baixista Heitor Gomes e o baterista Pinguim, além de vocalistas convidados.

O primeiro show será gratuito e acontecerá no Vale do Anhangabaú, em 25 de janeiro, durante as comemorações do aniversário da cidade de São Paulo. O Charlie Brown Jr. se apresentará às 18h30. Na ocasião, convidados como Dinho Ouro Preto (Capital Inicial), Di Ferrero (NX Zero), Supla e Digão (Raimundos) serão os vocalistas.

Em stories publicados em seu Instagram no sábado (19), o filho de Chorão, Alexandre Abrão, comentou: “Não é homenagem. O Charlie Brown Jr. vai voltar à ativa em 2019. A gente vai fazer uma turnê grande, foda, pesada. Vai ser do c*ralho.”

“Vocês vão entender quando eu digo que o Charlie Brown voltou. Não vai ter ninguém tentando substituir ninguém. Não é só uma homenagem, é a essência do bagulho, 25 anos de carreira, de história, extremamente bem representada pelos músicos”, completou.

Thiago Castanho, guitarrista que tem duas passagens pelo Charlie Brown Jr – a primeira delas iniciada em 1993 -, rebateu o filho de Chorão e afirmou que não há possibilidade de a banda retornar sem seu vocalista original.

“Estou aqui pra dizer sobre o comentário no Instagram a meu respeito, que estou doente e não vou participar do show do dia 25, que é a ‘volta’ do Charlie Brown Jr. O Charlie Brown Jr. não vai voltar, porque Charlie Brown Jr. sem Chorão não existe”.

“Eu não estou doente, tô com muita saúde e não faço parte desse tributo. Um abraço a todos. Paz”, concluiu Thiago.

As 5 cidades mais roqueiras e as 10 bandas de rock mais ouvidas no Brasil

Compartilhar