Yoko Ono revela que John Lennon desejava ter relações com homens - Revista Cifras

Yoko Ono revela que John Lennon desejava ter relações com homens

Músico acreditava na bissexualidade de todos os seres humanos (Divulgação)

Músico acreditava na bissexualidade de todos os seres humanos (Divulgação)

Morto em 1980, John Lennon sempre pregou a paz e a liberdade durante sua vida – em especial na década de 1970, quando se tornou um ativista contra guerra e preconceitos. Segundo a viúva do músico, Yoko Ono, o espírito libertário também atingiu a sua opção sexual.

Em entrevista ao Daily Mail, Yoko Ono disse que John Lennon tinha desejo de ter relações com outros homens. “John e eu falamos muito sobre isso. Dizíamos, basicamente, que todos devemos ser bissexuais. E estamos meio nessa situação de não pensar nisso pela sociedade. Então, escondemos outros lados de nós, menos aceitáveis”, afirmou.

Veja também:  Yoko Ono diz que "Beatles Rock Band" pode mudar o mundo

Ainda segundo Yoko Ono, John Lennon teria dito, no início de 1980, ano de sua morte, que poderia ter ficado com outros homens. No entanto, ele teria deixado a oportunidade passar, por nunca ter encontrado alguém que fosse atraente o bastante. Yoko afirmou não acreditar que John tivesse realmente transado com rapazes. “Acho que ele tinha o desejo, mas era muito inibido”, disse.

A reportagem do Daily Mail lembrou, ainda, de boatos que começaram a circular, ainda na década de 1960, sobre John Lennon ter se envolvido com o empresário dos Beatles, Brian Epstein. Isso teria acontecido durante o primeiro casamento do músico, com Cynthia Lennon. O rumor não foi comentado por Yoko Ono.

Veja também:  Cantora do Fat Family faz desabafo após sobrinha chegar à final do 'The Voice Kids'

Por Igor Miranda

#comentários