YouTube remove paródia da Kéfera para “Work”, de Rihanna

Vídeo ganhou notoriedade após acusações de racismo (Reprod./YouTube)

Vídeo ganhou notoriedade após acusações de racismo (Reprod./YouTube)

A paródia feita pela vlogueira Kéfera para o hit “Work”, de Rihanna, foi retirada do ar pelo YouTube. O motivo, no entanto, não tem a ver com a recente acusação de racismo envolvendo a produção.

A justificativa dada pelo YouTube ao remover o vídeo é: “Este vídeo não está mais disponível devido à reivindicação de direitos autorais Warner Chappell”. Pelo Twitter, Kéfera reclamou sobre a situação. “Essa paródia tá amarrada no capeta, não é possível! A Warner bloqueou o vídeo de ser visto! Por direitos autorais, mesmo não estando monetizada. Eu vou me benzer depois dessa paródia”, afirmou.

O vídeo, divulgado na manhã da última quarta-feira (13), registrou mais de 2,9 milhões visualizações em cerca de 24 horas. Não só pelo poder de divulgação de Kéfera, mas também pela polêmica envolvendo uma suposta acusação de racismo. Internautas destacarem um suposto uso de blackface de Gusta Stockler, namorado da vlogueira e responsável pelo papel interpretado por Drake no vídeo original. Ele teria pintado o rosto para parecer negro e ficar semelhante ao cantor. No entanto, ambos negaram o uso de tinta para pintura facial.

A paródia foi disponibilizada na rede social Facebook. Assista:

Por Igor Miranda

Compartilhar