Foto: divulgação

Zé Neto tira sarro da Covid-19 ao encontrar amigos, é alvo de críticas e se retrata

O cantor Zé Neto, dupla de Cristiano, causou polêmica ao divulgar registros nas redes sociais junto de amigos em uma fazenda, na última terça-feira (28). Depois das críticas, o artista acabou se retratando também pela internet.

Em uma sequência de Stories publicados no Instagram, Zé Neto surge ao lado de cinco amigos. Ele escreveu, como uma espécie de legenda da publicação, que havia feito aquele vídeo para “mimizentos” que o criticariam por ninguém estar usando máscara.

O artista começa a falar diante da câmera: “Pra evitar os mimizentos, todo mundo vai perguntar ‘por que vocês estão sem máscara?’. É porque todo mundo já pegou Covid”. Por fim, ele brinca ao dizer que o grupo de amigos é “a turma da Covid”.

Ao que tudo indica, Zé Neto se arrependeu das publicações de imediato, pois o vídeo ficou no ar por pouco tempo. Todavia, outros internautas registraram o momento e a filmagem passou a ser compartilhada em diferentes contas na web.

Veja também:
Andrea Bocelli questiona gravidade da pandemia, é criticado e pede desculpas

Com isso, o cantor foi alvo de muitas críticas. Houve quem apontasse, por exemplo, que há situações onde uma pessoa pode pegar Covid-19 novamente. Internautas também destacaram que o artista foi “sem noção” e que usar máscara é um sinal de respeito às outras pessoas.

Zé Neto se retrata

Diante dos comentários negativos, Zé Neto resolveu se retratar. Em outro vídeo, divulgado nesta quarta-feira (29), o cantor pediu “desculpas pelo post infeliz” que, segundo ele, foi feito “em um momento de ignorância, achando que quem já pegou Covid não pega de novo”.

“Até que fui orientado que realmente quem pegou está sujeito a pegar de novo, acabei falando m**da. […] Vocês sabem como sou, uma pessoa que só gosta de levar alegria, que só gosta de ajudar as pessoas. Infelizmente, num momento de bobeira da minha cabeça, acabei falando m**da. Nunca com a intenção de ofender ninguém, nada, só num momento de brincadeira. Sei que fui muito infeliz. Peço desculpas a todas as famílias que perderam entes queridos, a todas as famílias que estão passando dificuldade por conta da Covid”, declarou.

O artista destacou que é “um ser humano sujeito a cometer erros igual a todo mundo”. “Não é esse negócio que o pessoal acha, que é artista e tem que estar tudo certo, sempre fazer tudo certo. Não gente, a gente comete erros também. A gente bebe, fala besteira, a gente chora, a gente tem problemas. Então me desculpa mesmo do fundo do meu coração. Nesse Instagram aqui, vocês podem olhar todas as postagens aí atrás, que é no intuito de brincadeira, de levar alegria, e nunca ofender alguém”, pontuou.

Diagnóstico de Covid-19

Entre o fim de junho e início de julho, Zé Neto enfrentou a Covid-19 e chegou a ficar 14 dias isolado da família. Na ocasião, o artista apontou que ficou “muito mal” e, mesmo assim, o médico dele afirmou que ele não sofreu “um terço do que uma pessoa com Covid, no pior estágio, sofre”. O cantor também revelou que o pai dele, apesar de assintomático, também testou positivo para Covid-19.

Veja também:
Zé Neto se reencontra com família após estar curado da Covid-19; veja vídeo

O sertanejo destacou que foi alvo de críticas na internet por ter sido diagnosticado com a doença. “Alguns aí meteram a boca dizendo que a gente não respeita (as recomendações). A gente respeita, mas comete falhas em algum momento. Ninguém é 100% perfeito, todo mundo está sujeito a erro. Infelizmente, essa doença não permite erros”, afirmou. Não se sabe como ele contraiu o vírus.

‘O jornal reclama’, alfinetaram cantores antes

Zé Neto e Cristiano já realizaram três lives com show na internet. A transmissão seguiu um formato mais elaborado, com várias câmeras e produção de áudio em alta qualidade, o que demanda grande equipe de funcionários nos bastidores.

Essas lives mais produzidas, que promovem aglomeração de funcionários, tem gerado polêmica nas redes sociais, já que desrespeita as principais recomendações para evitar o contágio pelo novo coronavírus. Na segunda transmissão, a dupla decidiu entrar na confusão e fez um desabafo, rebatendo as críticas.

“Não é fácil fazer uma live que vai ser transmitida para o Brasil inteiro. Por mais que a gente tente reduzir ao máximo”, disse Zé Neto, inicialmente. Cristiano completou: “Às vezes o jornal reclama, né? Dos sertanejos… mas para fazer o jornal de vocês, vocês precisam de gente”.

Em seguida, Cristiano completou que “críticas existem”, mas que “os elogios são muito maiores”. “Dizem que nós do sertanejo universitário somos sem cultura, mas foi a partir da gente que começou as lives com as doações. Podemos ter tido momento de semitonados, desafinados, mas foi tudo de coração. É muito triste a gente ver as críticas ao nosso trabalho. Vocês gostem ou não gostem, vão ter que nos engolir, o sertanejo é a nova música popular brasileira”, afirmou.

Veja também:
Veja quais as lives com shows de música marcadas para os próximos dias

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.