Fotos: reprodução / Instagram

Anavitória acusam Tiago Iorc de não autorizar regravações; cantor responde

Um desabafo da dupla Anavitória durante uma live realizada na última sexta-feira (12) tem dado o que falar desde então. As cantoras afirmam que Tiago Iorc impediu que elas regravassem a parceria ‘Trevo (Tu)’ para um novo projeto. O cantor respondeu e as artistas declararam que ele também barrou outras canções, o que o fez se manifestar novamente.

Tudo teve início quando, durante a live da última sexta (12), Ana Caetano contou que ela e Vitória Falcão foram impedidas de regravar a música ‘Trevo (Tu)’, composta por elas e Tiago Iorc em 2015. A canção foi o primeiro hit da dupla Anavitória e chegou a render um Grammy Latino em 2017. O nome de Tiago não foi citado no relato, mas é de conhecimento público que ele é um dos compositores da canção.

“Escrevi a música em 2015 e convidei um amigo para escrever comigo. Esse amigo escreveu, me deu um refrão lindo, que a gente ama muito. […] Essa semana a gente recebeu uma notícia estranha e triste que esse outro autor da música tá impedindo a gente de regravar a nossa música. Meu entendimento de arte é que ela é algo feito para as pessoas. A partir do momento que passa por mim e vai pro mundo, ela não é mais minha, ela é do mundo. E me dói muito isso acontecer”, afirmou Ana, com a voz embargada e chorando de forma discreta.

Veja:

Diante da acusação, Tiago Iorc se manifestou por meio de um vídeo no Instagram. O cantor disse que se sente desconfortável em ter que abordar um assunto privado, mas que a situação não foi exposta por completo, já que ele alega que o escritório do empresário Felipe Simas, responsável pela carreira de Anavitória – e com o qual Iorc trabalhava no passado -, tenta sabotar a carreira dele.

Veja também:
Anavitória explica lives por R$ 95 após polêmica e reforça intuito beneficente

“Ana, entendo seu sentimento e provavelmente me sentiria da mesma forma se eu não soubesse o que está acontecendo por trás de tudo isso. Me parece e fica evidente que nessa tua atitude impensada de tornar isso público, você realmente da missa não sabe a metade. O escritório que gerencia a carreira de vocês, com o qual eu trabalhava e não trabalho mais, vem repetidamente sabotando meu trabalho, agindo de má fé para me prejudicar. Causando danos, inclusive, financeiros”, disse.

Tiago ressaltou que as músicas devem “ir para o mundo”, conforme dito por Ana, mas que a lei do direito autoral “existe justamente para proteger os autores”. “Tenho certeza que em nenhum momento da tua vida artística tu abriu mão disso, porque você sabe o valor que isso tem na sua vida”, afirmou ele.

Em seguida, Iorc garantiu que não quer prejudicar a carreira de Anavitória, nem a veiculação da música. “Só estou revendo o meu direito e, antes, muita coisa precisa ser esclarecida em relação ao escritório de vocês. Tenho certeza que vai existir (a regravação) no momento adequado”, disse.

Veja:

Anavitória rebatem e Tiago Iorc responde de novo

Em uma espécie de tréplica, o duo Anavitória divulgou um vídeo nas redes sociais abordando novamente a situação. As cantoras contaram que, além de ‘Trevo (Tu)’, outras três músicas foram barradas por ele.

“A gente está para lançar o DVD da turnê ‘O Tempo é Agora’. Nessa semana, recebemos um recado da nossa gravadora avisando que algumas das músicas não tinham sido autorizadas para o lançamento. São da nossa discografia, que eu escrevi junto com o Tiago Iorc. As músicas são ‘Porque Eu Te Amo’, ‘Agora Eu Quero Ir’, ‘Trevo’ e ‘A Gente Junto’”, disse Ana, inicialmente.

A cantora declarou que a autorização não mudaria nada a divisão dos direitos autorais. “Se você libera essa música, você é remunerado normalmente por cada execução dessa música. Tanto é que a gente já regravou várias músicas nossas e isso nunca foi um problema até esse momento”, afirmou.

Vitória completou dizendo que tanto ela quanto Ana são ignoradas por Tiago Iorc há mais de 2 anos. “No meio desse tempo, tivemos um contrato dissolvido, ele era nosso sócio e hoje em dia não é mais. E tudo isso foi feito através de advogados, porque ele nunca quis conversar. […] Paralelo a isso também acontece uma outra história, que tem mais de 2 anos. Acho que o que aconteceu na live foi um impulso emocional mesmo, de ferida no coração. Nunca foi nossa intenção deixar isso público”, declarou.

Veja também:
Afinal, onde se meteu e o que fez Tiago Iorc durante o período sabático?

Ainda durante o vídeo, Vitória afirmou que o Anavitória, enquanto dupla, está sendo “punido” por Tiago Iorc, já que a questão deve ser resolvida entre ele e o escritório. Ana, por sua vez, disse que o cantor agiu de forma “impensada e desnecessária”, já que ele se manifestou publicamente após ignorá-las por anos. “Foi um espaço que a gente achou de mandar uma mensagem e deu certo, porque finalmente a gente tá podendo ter esse diálogo, mesmo que aos olhos de tantas pessoas”, disse.

Confira:

Mais uma vez, Tiago Iorc se manifestou, também com um vídeo nas redes sociais, se defendendo. O cantor reforçou que a questão discutida não é com Anavitória.

“Sei que os meus direitos estão resguardados, os direitos de vocês também, mas outras pessoas também se beneficiam com essa liberação. Dentre elas, uma pessoa que vem me prejudicando. E eu não acho certo que uma pessoa que prejudica o meu trabalho se beneficie dele”, afirmou, sem citar diretamente o antigo empresário dele.

O cantor explicou que tem ignorado as mensagens de Anavitória para “evitar briga”. “Quando eu saí da empresa da qual eu fui sócio com vocês, eu fui bastante prejudicado, inclusive eu abri mão de muitos direitos meus para evitar briga. E o meu silêncio, meu distanciamento, foi justamente por isso, não entrar em conflito”, declarou.

O que diz Felipe Simas

Embora não seja mencionado diretamente pelos envolvidos, o empresário Felipe Simas, do escritório F/Simas, está relacionado com o caso. Foi com ele que Tiago Iorc empresariou Anavitória e ambos romperam, ao que tudo indica, no ano passado.

“Considero gravíssima a acusação pública de Tiago Iorc em relação à uma eventual sabotagem minha na sua carreira. Assuntos assim devem ser tratados na justiça. A censura que Tiago Iorc fez ao lançamento de uma versão ao vivo da música Trevo é um fato. Ele diz que isso deveria ser um assunto privado, mas, curiosamente, se nega a dialogar com Ana e Vitória há mais de dois anos”, afirmou Simas, pelo Twitter.

Em outras postagens, Simas diz que as questões profissionais entre Iorc e ele não deveriam servir de motivação para prejudicar o trabalho de Anavitória. “Liberar uma música não significa abrir mão dos direitos dela, mas, sim, apenas autorizar o lançamento dela. Como resultado, todos os autores são recompensados igualmente pela performance da música”, comentou.

Ouça, a seguir, a música ‘Trevo (Tu)’, que deu início à discussão pública entre Anavitória e Tiago Iorc:

Veja também:
Veja quais as lives com shows de música marcadas para os próximos dias

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar