Avril Lavigne fala sobre teoria de que foi morta e substituída

'Acho bobo que qualquer um acredite nisso', diz Avril (Reprodução/Instagram)

‘Acho bobo que qualquer um acredite nisso’, diz Avril (Reprodução/Instagram)

Uma das mais clássicas teorias da conspiração da internet é a de que Avril Lavigne morreu há uma década e que, desde então, é substituída por uma sósia. A afirmação circula na web há muito tempo.

Desde então, Avril Lavigne nunca falou sobre o assunto publicamente. Entretanto, a cantora resolveu quebrar o protocolo e abordou o tema em uma transmissão em vídeo, ao vivo, por meio de seu perfil no Facebook.

“Sim, isso é muito estranho. Acho que as pessoas não têm muito sobre o que falar no momento, então, pelo menos, estão falando. Acho bobo que qualquer um acredite nisso”, disse a artista.

A cantora também disse que um ponto central da teoria da conspiração não faz sentido. “Ao mesmo tempo que falam isso, dizem que eu não envelheci e pareço a mesma de anos atrás. Isso não faz sentido, só querem falar de algo”, afirmou.

Veja:

A teoria

O rumor, que circula desde o ano de 2011, aponta que Avril Lavigne morreu em 2003 e foi substituída por uma sósia. O boato foi criado por um blog brasileiro, cujo endereço é AvrilEstaMorta.blogspot.com. O site diz que Avril cometeu suicídio no auge de sua carreira, um ano após o lançamento de seu primeiro disco de estúdio, “Let Go”. Uma sósia, chamada Melissa Vandella, teria sido contratada para substituir a artista original.

Veja também:
Lembra dele? Longe do É O Tchan, Jacaré vive atualmente com a família no Canadá

O blog aponta que Melissa Vandella deixou “sinais”, em trabalhos subsequentes, de que Avril Lavigne não estava mais entre nós. Esses “recados” estariam na arte gráfica, no título do disco “Under My Skin” (2004) e nas letras das canções. O site descreve, ainda, diferenças na aparência e na voz de Avril antes e depois de 2003.

Por Igor Miranda (@silvercm)