Fotos: reprodução / Instagram

Irmão de Eduardo Costa teria ameaçado matar família da ex do cantor

Ex-noiva do sertanejo Eduardo Costa, a modelo Victória Villarim se viu envolvida em uma verdadeira confusão digna de novela depois de ter engatado namoro com o também cantor Clayton Lemos – que costumava ser amigo confidente de seu ex. Agora, ela acusa o irmão de Eduardo, Weliton Costa, de tê-la ameaçado de morte.

Veja também:
Eduardo Costa descobre que ex está com amigo cantor, que o denuncia por ameaça

De acordo com o colunista Leo Dias, do portal ‘Uol’, Victória teria relatado que Weliton enviou um áudio de WhatsApp “ameaçando matar todas as pessoas que estiverem ao meu lado”. A mensagem teria sido enviada, supostamente, a mando do cantor sertanejo.

Victória Villarim explicou ao jornalista que prefere não publicar o áudio na internet, sob recomendação de seus advogados. Ela também não procurou as autoridades competentes para registrar uma queixa formal. Mesmo assim, ela garante que consegue provar tudo que está dizendo.

Para piorar a própria situação, Weliton Costa surgiu nas redes sociais postando diversas fotos intimidadoras portando armas de fogo e escrevendo mensagens ameaçadoras. As imagens acabam dando a entender que as acusações de Victória procedem.

Segurando diversas armas diferentes, ele escreveu coisas como: “Se queres paz, prepara-te para a guerra”, utilizando a função Stories de sua conta do Instagram. Veja:

Com medo, a modelo decidiu expor a história para a imprensa especializada, de forma a se proteger caso algo venha a acontecer. “Não posso me calar, pois em meu outro relacionamento foi a mesma coisa, ameaças atrás de ameaças. Só quero viver em paz e seguir minha vida, e que ele e toda sua família possam seguir e viver em paz”, disse ela.

Toda a situação, com envio do suposto áudio e a publicação das imagens, aconteceu no último mês de outubro. Só agora, no entanto, as informações vieram à tona.

Eduardo Costa nega ameaças

Procurado pelo colunista, Eduardo Costa saiu em defesa do irmão e afirma que as ameaças nunca existiram. Ele argumenta que Weliton teria sido vítima de clonagem de celular. “Meu irmão ficou nervoso, sim, como todos os meus amigos ficaram! Essa conversa aí não procede. É invenção!”, disse ele.

O sertanejo afirma que um suposto criminoso possa ter se utilizado de alguma técnica de falsificação de voz para se passar por Weliton no áudio. “Ficam inventando essa história de que meu irmão fica ameaçando ela! Hoje em dia, tem muitas vozes parecidas! Você liga o rádio, todos os artistas tem voz parecida! Se alguém mandou, pode ter sido clone no WhatsApp dele que, infelizmente, aconteceu na mesma época em que aconteceu tudo isso!”, completou.

Veja também:
Eduardo Costa fala sobre sua juventude: 'fome e humilhação muito grande'
Compartilhar