Fotos: Divulgação

Lady Gaga chama Katy Perry de ‘maldosa’ em conversa vazada e se explica: ‘antigo’

O interminável processo da cantora Kesha contra o abuso sofrido pelo produtor Dr. Luke voltou a produzir mais um capítulo. Na última sexta-feira (30), caiu na internet um trecho do documento oficial da corte norte-americana.

O trecho em questão trata-se da transcrição de uma conversa entre Kesha e a cantora Lady Gaga, uma das artistas que mais apoiaram na batalha judicial. No papo, elas falam sobre outra colega, Katy Perry, que também trabalhou com Dr. Luke e Kesha acredita que também tenha sofrido abusos.

“Estou muito irritada com a Katy. Ela poderia ter melhorado a situação, mas não fez nada”, desabafa Kesha. “Ela foi estuprada pelo mesmo homem, isso é doentio”, continuou a cantora. “Ela deve ter medo de perder tudo. Ela não é tão forte quanto você”, opinou Lady Gaga.

“Preciso ter empatia por ela, mas ela é tão má”, lamentou Kesha. “Eu sei que ela é maldosa. Não somos amigas”, concordou Gaga. “Talvez ela nem tenha aceitado o que aconteceu ainda”, sugeriu Gaga. “Talvez. Não é a minha batalha”, concluiu Kesha.

Com a repercussão da conversa, Lady Gaga quebrou o silêncio e se manifestou sobre o assunto, acabando de uma vez por todas com qualquer especulação de inimizade entre ela e Katy Perry.

“Katy e eu crescemos juntas na indústria. Passamos por celebrações e diferenças entre si. Estes são textos antigos. Amadurecemos, superamos o passado, nos amamos e compartilhamos profundo respeito. Katy é minha amiga e é verdadeiramente uma alma gentil. Fim da história”, escreveu em sua conta do Twitter.

Lady Gaga surpreende pessoas em abrigo com pizza e café; veja fotos