Foto: divulgação

Margareth Menezes fala na TV sobre traição: ‘homens têm que levar na esportiva’

A cantora Margareth Menezes manifestou sua opinião sobre traição ao participar do programa ‘Papo de Segunda Verão’, do GNT, na última segunda-feira (10). Em meio à pauta sobre infidelidade discutida na atração, a artista disse que os homens que passam por essa situação precisam “levar na esportiva”.

A declaração de Margareth Menezes teve início após o apresentador, Fabio Porchat, perguntar se é pior ser uma mulher traída do que um homem traído perante a sociedade. “É tudo a mesma coisa, não tem esse negócio de pior”, respondeu ela.

Veja também:
Música que Manu Gavassi teria feito após traição de Chay Suede viraliza nas redes

Porchat, então, rebateu: “Acho que para o homem é pior, pois tem esse lance de se sentir ofendido, manchar a honra”. A cantora, por sua vez, questionou: “Que honra? Isso é uma coisa muito velha, muito antiga. Os homens precisam acabar com isso, até porque hoje em dia os casamentos não duram tanto assim”.

A artista destacou que todos querem casar e ficar juntos para sempre, mas “as coisas acontecem”. Em seguida, chamou atenção para o feminicídio – muitos homens matam as suas parceiras por ciúmes ou por acreditarem que estão sendo traídos.

Veja também:
Gusttavo Lima quebra silêncio e explica por que não vai mais à Globo

“Nunca vi isso: ex-namorados, ex-maridos e ex-não sei o que matando as mulheres. Vamos parar com isso. Como mulher, estou assombrada porque todos os dias nos jornais têm mais de uma, duas ou três mulheres assassinadas no Brasil. Não é só homem que é traído. Aliás, homem trai muito mais. Então, (eles) têm que levar mais na esportiva, porque está ficando muito brabo. Imagine se as mulheres fossem matar todos os homens que traem?”, concluiu a artista.

Veja também:
Petição busca convencer Globo de promover show da banda Melim no 'BBB 20'

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar