Fotos: Reprodução/Redes Sociais

Como??? Paulinho do Roupa Nova, morto há quase 1 ano, será pai novamente

A viúva do cantor Paulo César dos Santos, popularmente conhecido como Paulinho, integrante do grupo Roupa Nova, anunciou que ele será papai. O inusitado da situação, no entanto, é que o artista está morto há 9 meses, uma das vítimas da Covid-19.

  • Sabia que leitor do Revista Cifras tem descontos exclusivos e frete grátis na primeira compra em roupas, livros e QUALQUER produto comprado no site da Amazon? Para garantir, basta realizar a compra clicando por aqui.

Elaine Soares Bastos tem 54 anos de idade e revelou que está à espera do primeiro filho com o companheiro, Paulinho, que não resistiu às complicações do coronavírus e morreu em 14 de dezembro de 2020.

Paulinho deixou espermatozoides congelados

Segundo a viúva esclareceu nas redes sociais, eles tinham a intenção de ter um filho. Por isso, Paulinho se preveniu e congelou espermatozoides devido a um tratamento de leucemia que precisou se submeter.

Veja também:
Sandy e Luan Santana emocionam cantando Roupa Nova em homenagem a Paulinho

Agora, meses após a morte dele, Elaine fez uma inseminação artificial e conseguiu engravidar do primeiro filho do casal, que dividiu a vida por 16 anos.

O anúncio gerou polêmica, pois Elaine Soares Bastos trava uma batalha na Justiça a respeito da herança do artista contra os filhos dele – a cantora Twigg e o baterista Pepê Santos.

O apresentador Reinaldo Gottino falou sobre o assunto no programa ‘Balanço Geral’, da Record TV. De acordo com ele, a família de Paulinho questiona se ela era mesmo companheira dele.

É uma bomba, porque envolve muita confusão e muita polêmica, se ela é companheira ou não do Paulinho. No meio dessa confusão, ela anunciou que está grávida. Ela tem 54 anos e no dia que o Paulinho faria 69 anos, ela anunciou que está grávida”, disse ele.

Paulinho foi diagnosticado com linfoma em agosto de 2020. Ele chegou a passar por um tratamento de transplante de medula óssea e, quando se recuperava, foi infectado pelo novo coronavírus.

O organismo do cantor estava debilitado e o vírus trouxe sérias complicações. Ele ficou internado por mais de 1 mês em um hospital particular no Rio de Janeiro, mas acabou falecendo.

A morte do artista comoveu muitos brasileiros, que viveram momentos marcantes da vida embalados pelas músicas do grupo Roupa Nova.

Roupa Nova não mudará de nome – era ação de marketing com marca de amaciante

Compartilhar